PUBLICIDADE

Musculação para quem faz futevôlei: como deve ser o treino

Em suma, o trabalho serve como complemento para alta performance

4 mar 2024 - 13h58
(atualizado às 18h13)
Compartilhar
Exibir comentários

Não basta jogar a bola para cima, ou seja, o futevôlei é um esporte que desafia o competidor a todo momento e um auxílio fora das quatro linhas o ajuda nos seus ganhos. Dessa forma, o professor de futevôlei e de futebol de salão da Companhia Athletica Michel Henrique vai orientar o treino de musculação para atleta de futevôlei em entrevista exclusiva para o Sport Life.

Treino de musculação para atleta de futevôlei
Treino de musculação para atleta de futevôlei
Foto: Shutterstock / Sport Life

Conheça o treino de musculação para atleta de futevôlei

"Vale ressaltar que a musculação pode prevenir muitas lesões desse atleta. O treino deve ser de duas a três vezes por semana entre 45 a 60 minutos. O atleta de futevôlei precisa dar ênfase no treino na areia. A musculação será um ótimo complemento", garantiu Michel.

Assim, esse jogador precisa priorizar juntamente com um personal trainer os trabalhos de capacidades físicas de força hipertrófica, resistência, potência e agilidade. Aí os efeitos surgem a partir de uma constância.

"Pensando em performance e dentro do jogo, os efeitos acontecem de duas a quatro semanas. Nenhum exercício de musculação é vetado para quem joga futevôlei. Todos os exercícios são complementares", garantiu Henrique.

Outro critério enfatizado pelo profissional é o descanso, isto é, o momento de relaxamento impacta no desempenho para evitar o "overtraining", problema em que um desportista cumpre com vários treinos excessivos, que acarretam em vários prejuízos para sua saúde.

"O atleta de futevôlei precisa da capacidade física de força para conseguir desempenhar seu jogo. Já pode fazer musculação entre 24 a 36 horas depois de um treino de futevôlei. Respeite uma boa periodização e visa todas as capacidades físicas atribuídas para aquele dia de treino", encerrou Michel Henrique.

O recado sobre overtraining

"O descanso dentro de um treino faz parte da periodização. Entrar em overtraining faz com que você em vez de perder gordura estará perdendo músculo e não alcançando seu objetivo por fazer demais sem estratégia. Entenda que sua musculatura desenvolve no descanso do treino executado. Respeite seu corpo e faça o descanso correto para um melhor resultado", orientou o personal trainer Cássio Fidlay em contato com Sport Life.

A palavra do atleta

"A musculação é de suma importância para mim poder jogar futevôlei. Eu faço treino específico de duas a três vezes durante a semana e é importante esse tipo de treinamento para os meus jogos", afirmou em diálogo para o Sport Life o atleta de futevôlei do Santos Breitner.

Sport Life
Compartilhar
Publicidade
Publicidade