PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Musculação ou cardio: como emagrecer mais rápido?

Para quem deseja emagrecer rapidamente, é comum ficar em dúvida sobre a musculação ou cardio. Saiba qual o método mais eficaz

11 dez 2023 - 19h01
(atualizado às 22h04)
Compartilhar
Exibir comentários

Uma dúvida muito comum, principalmente para quem está iniciando atividade física com foco em perder peso, é como emagrecer mais rápido: com exercícios de cardio ou com a musculação. 

Musculação ou cardio: como emagrecer mais rápido? -
Musculação ou cardio: como emagrecer mais rápido? -
Foto: Shutterstock / Saúde em Dia

Nesse sentido, vale destacar já de início que tanto a musculação quanto o cardio tem benefícios específicos para a saúde. Afinal, contribuem igualmente para a pessoa que busca uma melhor qualidade de vida. Ambas apresentam vantagens para a saúde geral, melhorando a resistência cardiovascular, força muscular, saúde óssea e bem-estar mental.

Diferenças entre a musculação e o cardio

De acordo com Max Well Almeida de Carvalho, educador físico da Premiere Training Gym, a musculação concentra-se no treino de resistência e treinamento de força. Por isso, utiliza pesos para fortalecer e desenvolver os músculos, deixando eles mais tonificados e aparentes. "Os objetivos mais comuns são ganho de massa muscular, aumento da força e definição muscular", afirma.

Já o cardio envolve atividades que aumentam a frequência cardíaca e a respiração. É o caso, por exemplo, de corrida, ciclismo, natação ou dança, com o objetivo de melhorar a saúde cardiovascular. "Os objetivos mais comuns de quem opta por essa atividade são a queima de calorias, melhoria da resistência cardiovascular, redução do estresse e aumento do condicionamento físico", diz o especialista.

E no caso do emagrecimento?

No que diz respeito a tão desejada queima de calorias, o cardio é eficaz na queima imediata de calorias durante a atividade, especialmente em exercícios de intensidade mais elevada. A musculação, por outro lado, contribui significativamente para o aceleramento do metabolismo em repouso, pois contribui para o ganho de massa muscular, o que pode resultar em uma queima contínua de calorias, detalha Maxwell. 

Além disso, a musculação ajuda a preservar e construir massa muscular, o que é importante durante a perda de peso (gordura) para evitar a perda de tecido magro (músculo), acrescenta o profissional.

"A combinação de musculação e cardio pode criar adaptações metabólicas mais amplas, levando a uma resposta mais abrangente na perda de peso. A junção também contribui para uma melhoria na composição corporal, ajudando a reduzir a gordura corporal e a manter ou aumentar a massa muscular", diz o educador físico.

No fim das contas…

Assim, ambos contribuem para a perda de peso, mas muitas vezes uma combinação é mais eficaz. Vale destacar que a musculação beneficia o sistema musculoesquelético, enquanto o cardio beneficia o sistema cardiovascular. Portanto, ambos são importantes para a saúde do corpo como um todo. 

"Nesse sentido, a escolha entre musculação ou cardio depende dos seus objetivos pessoais, preferências e necessidades de saúde. Muitas pessoas encontram um equilíbrio entre ambas as formas de exercício para obter resultados", diz Maxwell. 

O profissional salienta que não é recomendável que se faça apenas atividades cardiovasculares, mesmo para quem deseja emagrecer de forma rápida, como para um  "projeto verão", tendo em vista que, pode haver perda de massa muscular. Por isso, não seria um emagrecimento sustentável.

Saúde em Dia
Compartilhar
Publicidade
Publicidade