PUBLICIDADE

Tubarões de mais de 2 metros são encontrados em praia de Portugal; município emitiu alerta

Evento raro aconteceu em Caldas da Rainha, na Lagoa de Óbidos, região oeste do país

7 mai 2024 - 10h29
(atualizado às 10h40)
Compartilhar
Exibir comentários
Resumo
Dois tubarões-azuis foram encontrados na Lagoa de Óbidos, no oeste de Portugal. O evento inusitado ocorreu em Caldas da Rainha, município do país. A gestão municipal emitiu uma nota com recomendações aos banhistas, mas descartou alarde.
Dois tubarões-azuis são encontrados em praia de Portugal
Dois tubarões-azuis são encontrados em praia de Portugal
Foto: Acervo Tamar/ICMBio

Pescadores portugueses se surpreenderam ao encontrar dois tubarões-azuis na Lagoa de Óbidos, no oeste do país. Isso porque os animais são enormes: medem cerca de 2,5 metros. O caso aconteceu na semana passada, em Caldas da Rainha, município de Portugal. O encontro inusitado chegou a ser filmado pela Associação de Pescadores e Mariscadores Amigos da Lagoa de Óbidos. 

Os animais foram encontrados no canal que liga a lagoa ao mar, no Braço da Barrosa. Porém, apesar do susto em encontrar os tubarões de mais de 2 metros, a presença dos animais é mais comum em águas portuguesas do que se pensa.

No caso dos dois que apareceram em Caldas da Rainha, a gestão municipal informou que se trata de uma espécie frequentemente encontrada na região e eventualmente capturada por pescadores. 

Município emitiu alerta após ocorrência
Município emitiu alerta após ocorrência
Foto: Acervo Tamar/ICMBio

Mesmo assim, o município considerou a situação algo excepcional. Segundo o comunicado, a presença do animal na zona interior da Lagoa é "um evento extremamente raro e deverá ser encarado como casual". O anúncio publicado na terça-feira passada, 30, ainda ressalta a importância dos banhistas saírem da água caso avistem algum tubarão da espécie. 

No entanto, não existe motivo para alarde. A gestão municipal fez questão de esclarecer que o tubarão-azul é uma espécie frágil e em risco de extinção. A recomendação é para que banhistas e pescadores não persigam ou toquem nos animais. "Se se sentirem ameaçados, [os tubarões] podem ter alterações no comportamento que envolvem risco para as pessoas", alertou nota. 

Confira comunicado:

Segundo o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), o tubarão-azul é uma espécie oceânica que vive nos mares ao redor do mundo e sua maior característica é a alta capacidade de migrar. Apesar dos animais encontrados em Portugal terem 2,5 metros, a espécie pode medir até 4 metros de comprimento e viver até 20 anos. 

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade