PUBLICIDADE

Taxa de desmatamento na Mata Atlântica cai 59% nos primeiros meses de 2023, indica boletim

Extensão desmatada entre janeiro e agosto deste ano totalizou 9.216 hectares. No mesmo período do ano passado foram 22.240 hectares

29 nov 2023 - 15h43
(atualizado às 16h55)
Compartilhar
Exibir comentários
Vista área de trecho da Mata Atlântica desmatada após incêndios.
Vista área de trecho da Mata Atlântica desmatada após incêndios.
Foto: Tiago Queiroz/Estadão / Estadão

A taxa de desmatamento na Mata Atlântica registrou uma redução de 59% nos primeiros 8 meses de 2023 no Brasil, conforme revelado pelo boletim do Sistema de Alertas de Desmatamento (SAD) Mata Atlântica, divulgado nesta quarta-feira, 29. 

De acordo com o boletim, a extensão desmatada entre janeiro e agosto deste ano totalizou 9.216 hectares em todo o território brasileiro. O número representa uma redução em comparação aos 22.240 hectares registrados no mesmo período do ano anterior.

A Mata Atlântica representa um dos 6 biomas presentes no território brasileiro. Conforme apontado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), esta região é conhecida por sua diversidade de espécies da fauna e flora. Localizada na faixa litorânea, abrange uma área habitada por mais de 50% da população brasileira.

O SAD também aponta uma redução no desmatamento em todos os 15 estados que abrangem a Mata Atlântica, conforme delimitado pelo IBGE. No Paraná, a diminuição foi de 64%, passando de 2.763 para 992 hectares desmatados, enquanto em Santa Catarina, a redução foi de 66%, de 1.816 para 600 hectares desmatados.

* Acompanhe mais notícias sobre o meio ambiente no Terra Planeta.

6 animais que habitam a Mata Atlântica e correm risco de extinção 6 animais que habitam a Mata Atlântica e correm risco de extinção

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade