PUBLICIDADE

Jacaré flagrado sem a mandíbula superior viraliza na web e ganha novo lar na 'Crocolândia', nos EUA

História do réptil comoveu internautas e mobilizou ativistas ambientais da Flórida em prol do resgate do animal

19 set 2023 - 18h14
Compartilhar
Exibir comentários
Jacaré apelidado de 'Lil Guy' viraliza com ferida inusitada na web
Jacaré apelidado de 'Lil Guy' viraliza com ferida inusitada na web
Foto: Divulgação/Savannah Boan

A história do resgate de um jacaré com uma ferida inusitada chamou atenção e viralizou nas redes sociais após um 'final feliz'. Ativistas ambientais da Flórida, nos Estados Unidos, encontraram o réptil, carinhosamente chamado de 'Lil Guy' (carinha, em português), sem a parte superior de mandíbula e se surpreenderam com a capacidade de sobrevivência do animal. 

A trajetória do jacaré veio à tona após ele ser avistado pela primeira vez no final de agosto passado, na cidade de Sanford. Na ocasião, uma moradora publicou uma foto nas redes sociais alertando sobre a situação do animal e o caso viralizou, com milhares de interações. 

Já na última quinta-feira, 14, um caçador licenciado, acionado pelo Comitê de Conservavação de Peixes e Vida Selvagem da Flórida, encontrou o animal próximo ao rio Wekiva. O jacaré, uma fêmea com idade estimada entre quatro a cinco anos, foi resgatado, subnutrido e magro, e levado ao Gatorland, a 'Crocolândia', um zoológico de répteis em Orlando.

Ao jornal The Washington Post, uma das especialistas do zoológico, Savannah Boan, afirmou que a ferida não é incomum e pode acontecer quando os jacarés brigam no período de acasalamento. Também é possível que o animal tenha sido atingido pelas hélices de um barco, afirma a ecologista. 

'Carinha' perdeu a parte superior da mandíbula até a linha dos olhos, teve o focinho prejudicado e respirava através do que restou de uma cavidade nasal. Segundo Boan, é possível que o jacaré tenha adaptado sua dieta para se alimentar de animais menores, como peixes e anfíbios, para conseguir sobreviver.  

O jacaré segue em observação e tratamento na unidade de recuperação do zoológico e especialistas aguardam para avaliar se ele poderá se juntar a outros animais. Enquanto isso, seguidores realizam campanhas para decidir o novo nome do réptil na web. 

É de casa: conheça espécies de serpentes que só existem no Brasil É de casa: conheça espécies de serpentes que só existem no Brasil

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade