PUBLICIDADE

Considerada rara, 'víbora do pantanal' é salva de área atingida por incêndio no Pantanal

Também conhecido como lagarto-jacaré, o animal apresenta hábitos solitários e é difícil de ser visualizado na natureza

24 nov 2023 - 23h02
Compartilhar
Exibir comentários
Lagarto raro é salvo de área atingida por incêndio no Pantanal
Lagarto raro é salvo de área atingida por incêndio no Pantanal
Foto: Divulgação/Grad

Voluntários fizeram o resgate de um lagarto raro após os incêndios que atingiram a região do Pantanal no Mato Grosso. A 'Víbora do Pantanal' ou lagarto-jacaré, como é conhecido popularmente o dracaena paraguayensis, foi resgatada de uma de queimadas próxima à rodovia Transpantaneira, no município de Poconé, a 104 km da Capital Cuiabá. 

A ação, realizada pelo Grupo de Resgate de Animais em Desastres (Grad), aconteceu na última quarta-feira, 22. Os brigadistas realizavam uma busca nas áreas atingidas pelo fogo quando se depararam com o animal, que estava sem sinais de ferimento mas apresentava cansaço. 

O momento do resgate foi compartilhado nas redes sociais do Grad. A entidade aponta que o lagarto permaneceu 24 horas sob observação até que pudesse ser solto à natureza em uma área preservada. Ele também recebeu água e alimento antes de ser realocado.

Segundo o Grad, a ação também contou com o apoio do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). 

A víbora é considerada rara pois é um animal endêmico do Pantanal, solitário e de difícil visualização, de acordo com especialistas. Podendo ultrapassar 4,5 kg e medindo 1,2 metro, ela foi descrita por pesquisadores pela primeira vez em 1950. 

Cobra mais peçonhenta das Américas picou lavrador no AM; conheça Cobra mais peçonhenta das Américas picou lavrador no AM; conheça

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade