PUBLICIDADE

Cidade mais estreita do mundo abriga 400 mil pessoas na China

Yanjin fica localizada às margens de um rio no país asiático, tendo as suas bordas em meio a montanhas altas e íngremes

25 fev 2024 - 05h00
Compartilhar
Exibir comentários
Resumo
Yanjin é a cidade mais estreita do mundo localizada às margens de um rio na China que abriga aproximadamente 400 mil pessoas rente às montanhas. Seus edifícios são construídos sobre pilares de madeira para o controle de possíveis inundações.
Considerada "a cidade mais estreita do mundo", Yanjin fica espremida às margens de um rio na China
Considerada "a cidade mais estreita do mundo", Yanjin fica espremida às margens de um rio na China
Foto: Youtube / Aerial China / Reprodução

Yanjin é considera a cidade mais estreita do mundo. O município fica localizada às margens de um rio na China, tendo as suas bordas em meio a montanhas altas e íngremes.

O local ainda tem uma forte vegetação, mas a locomoção acaba sendo bem 'esprimida'. Com grande edifícios, o local tem ganhado cada vez mais fama por causa de sua geografia. 

Localizada na província de Yunnan, o condado de Yanjin está sob administração da cidade de Zhaotong. Segundo historiadores, a cidade remonta a cerca de 200 a.C., quando se transformou em lar do povo Bo.

Mesmo com pouco espaço, de acordo com o governo local, a cidade abriga quase 400 mil pessoas amontoadas rente às montanhas.

Algumas construções avançaram sobre a vazante do rio, visando uma ampliação do local, por causa do alto número de pessoas. Outros projetos estão sendo estudados pelo governo.

Até aqui, todas as casas e edifícios foram construídas em cima de pilares altos, medida que previne que as casas e os prédios na borda do curso d'água sejam inundados durante os períodos de fortes chuvas.

Torre de vento: conheça a estrutura considerada o 'ar-condicionado' persa Torre de vento: conheça a estrutura considerada o 'ar-condicionado' persa

Yanjin é uma cidade cheia de curvas e desafia o planejamento urbanístico com seus 30m de largura no ponto mais estreito e 300m nas áreas mais largas. Um metrô passa por túneis cavados por dentro das montanhas, sendo um dos principais meios de locomoção. 

Para sobreviver a eventuais inundações decorrentes do processo de elevação do nível do rio, as construções, que estão nas suas margens e próximas das áreas escarpadas das montanhas, estão dispostas sobre pilares feitos de madeira.

Esse modelo pode ser especialmente útil durante o período das monções, em que um volume imenso de chuvas atinge a Ásia durante o verão, resultando em alagamentos que podem ser observados em diversos países. 

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade