PUBLICIDADE

'Não caiu bem': pesquisador divulga registro raro de tubarão-tigre 'vomitando' presa espinhosa

Caso surpreendeu grupo de pesquisadores da Universidade James Cook, que monitoravam animais marinhos na costa do país

6 jun 2024 - 16h48
(atualizado às 16h48)
Compartilhar
Exibir comentários
Tubarão-tigre é flagrado 'vomitando' equidna na costa da Austrália
Tubarão-tigre é flagrado 'vomitando' equidna na costa da Austrália
Foto: Divulgação/Nicolas Lubitz/JCU/Getty Images

Cientistas de uma universidade da Austrália divulgaram, nesta quinta-feira, 6, registros de uma cena rara na natureza: um tubarão-tigre que passou por 'maus bocados' após devorar uma equidna, um espinhoso mamífero local semelhante a um ouriço, e que acabou regurgitando a presa inusitada

O caso foi divulgado pelo pesquisador Nicolas Lubitz, que presenciou a cena durante seu trabalho de pós-doutorado pela Universidade James Cook em maio de 2022. Na ocasião, a equipe estava ancorada próxima à Ilha de Orfeu, ao norte da região australiana de Queensland, em um litoral considerado paradisíaco. 

Lubitz e sua equipe estavam marcando animais marinhos quando perceberam a aproximação do tubarão. O animal, então, começou a se debater na água até regurgitar a presa. "Ficamos muito chocados com o que vimos, realmente não sabíamos o que estava acontecendo", afirmou Lubitz. 

Segundo o especialista, a equidna estava inteira quando foi 'vomitada' pelo tubarão de três metros de comprimento, indicando que pudesse ter sido vítima de uma caçada recente. "É muito raro eles regurgitarem o alimento, às vezes acontece quando eles estão estressados", explicou. 

"Acredito que, nesse caso, a equidna não 'caiu bem' para o tubarão", brincou Lubitz, que afirmou acreditar ser um registro inédito na natureza. Segundo o especialista, é possível que o tubarão tenha devorado o mamífero, de hábitos semi-aquáticos, em águas rasas próximas à ilha. 

Tubarão-tigre é flagrado 'vomitando' equidna na costa da Austrália
Tubarão-tigre é flagrado 'vomitando' equidna na costa da Austrália
Foto: Divulgação/Nicolas Lubitz/JCU

O pesquisador ressaltou, também, o caráter predador dos tubarões-tigres, conhecidos por devorar qualquer coisa em seu caminho. Há registros dos animais engolindo aves marinhas, pneus, placas de carros e até um monitor de televisão, segundo Lubitz. 

O animal, cuja espécie é considerada altamente em perigo de extinção, em questão não ficou ferido pela presa e, após receber um rastreador acústico, foi liberado de volta ao mar pelo grupo de pesquisa. 

Confira 5 curiosidades sobre o peixe que boceja Confira 5 curiosidades sobre o peixe que boceja

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade