PUBLICIDADE

Engineering Brasil e Google se unem em ação de manejo de pragas

Projeto usa IA para elevar eficiência da biorrefinaria Uisa

29 nov 2023 - 12h40
(atualizado às 13h31)
Compartilhar
Exibir comentários

A Uisa, uma das maiores biorrefinarias do país, se uniu à Engineering Brasil, filial do grupo italiano de tecnologia da informação e transformação digital Engineering, e ao Google para promover a inovação no campo e no manejo de pragas na lavoura.

"Nós tínhamos uma dificuldade relacionada ao processo de manejo de pragas na lavoura de Nova Olímpia, em Mato Grosso, que era totalmente manual. Isso envolvia a fase de captura dos insetos, com o uso da armadilha adesiva amarela, contagem, feita pelos nossos funcionários do campo, e identificação das pragas, por meio de especialistas. Em razão da demora e da suscetibilidade a erros, era um procedimento ineficiente. Desta forma, buscamos, em parceria com o Google, uma solução mais prática e assertiva", explica Rodrigo Gonçalves, CIO da Uisa.

Com o objetivo de digitalizar o processo, o projeto também contou com a criação de um aplicativo mobile para facilitar a coleta e envio das imagens para os locais que não possuem infraestrutura (internet).

"A princípio, o escopo do trabalho se limitava ao desenvolvimento do modelo de inteligência artificial. Entretanto, durante a criação da solução, percebemos que seria necessário agregar uma funcionalidade adicional que não estava contemplada no aplicativo. Essa solução pode ser replicada para quaisquer setores, como avicultura, bovinocultura, suinocultura e outros", explica William Rocha, business development manager do mercado de agronegócio da Engineering Brasil.

Segundo ele, "a plataforma demanda a seleção da área do campo que está sendo analisada e envia a foto registrada pelo operador para o modelo de inteligência artificial, que finaliza o trabalho informando a espécie do inseto e dados referentes a uma estimativa assertiva da quantidade presente na lavoura".

Por sua vez, Samantha Giusti, account executive do Google, destaca a importância da parceria para a otimização de resultados práticos. "A Uisa nos apresentou o desafio de transformar um processo manual e pouco eficiente, que afetava os resultados da empresa. Compreendemos que a ação seria ligada à automação e transformação digital. Neste cenário, a Engineering Brasil foi eficaz para auxiliar nessa resolução", afirma.

A solução encontrada permite avanços, como incorporar novas funcionalidades em segmentos até então não explorados, como classificar o processo de engorda de gado ou classificação de porte, além de estimativa de peso e volume.

"Essa união da expertise da Engineering Brasil com a amplitude da Uisa resulta em uma parceria capaz de gerar muitos frutos. A transformação tecnológica aplicada no setor é capaz de revolucionar a indústria. Acreditamos muito nesse caminho de inovação que estamos investindo e construindo em conjunto", finaliza Gonçalves. .

Ansa - Brasil   
Compartilhar
Publicidade
Publicidade