PUBLICIDADE

Coelho preso em gaiola por toda vida mal podia se levantar e é salvo por médica

Durante seus cinco meses de vida, o animal recebeu alimentação inadequada, poucos cuidados e não podia se movimentar dentro da gaiola

13 nov 2023 - 04h00
Compartilhar
Exibir comentários
Coelho Geraldo viveu os primeiros meses de vida sem cuidado básicos, mas foi adotado por médica de São Paulo
Coelho Geraldo viveu os primeiros meses de vida sem cuidado básicos, mas foi adotado por médica de São Paulo
Foto: Arquivo pessoal / Redação Planeta

No ano passado, a médica e criadora de conteúdo Marina Ü, a @amendonina, viu uma postagem nas redes sociais sobre uma mulher que havia ganhado um coelho, mas não tinha cuidados com o animal e o mantinha em uma gaiola muito pequena.

“Ela pegou esse coelho porque ele era peludinho e muito fofo, mas o mantinha em uma gaiola muito pequena. Ele já estava com cinco meses, nunca tinha saído da gaiola, era alimentado de forma incorreta, cuidado de forma incorreta e vivia no meio do xixi e do cocô. Ele não tinha liberdade nenhuma, sem sequer conseguir ficar de pé. Ele ficava só em posição horizontal”, conta.

Comovida pelo caso, Marina o adotou e o levou à clínica veterinária para receber os cuidados necessários. Ela sabia como cuidar de coelhos porque já tinha adotado uma outra coelhinha em 2020.

“Como ele era um coelho que viveu a vida toda em uma gaiola sem nenhum tipo de cuidado, ele tinha várias questões. Ao mesmo tempo, era um processo muito incrível vê-lo descobrindo as coisas para além da gaiola”, diz Marina.

Coelho que passou a vida toda em gaiola é adotado por médica:

Entre as melhores experiências, a médica destaca ver Geraldo, como foi batizado o coelho, subir no sofá e na cama pela primeira vez, descobrindo como andar em uma superfície macia, e pulando de felicidade ao ver grama pela primeira vez. Marina ainda comenta que ele é um animal extremamente carinhoso: “Por nunca ter tido muito carinho antes, ele recebe sempre com muito amor. Ele ama ficar no colo e ama atenção”.

“Foi uma experiência muito única a adoção do Geraldo, ele era um coelho que nunca tinha vivido nada por sempre ter estado dentro de uma gaiola”, finaliza.

Fonte: Redação Planeta
Compartilhar
Publicidade
Publicidade