PUBLICIDADE

Brasil ganha 1º anuário sobre mobilidade elétrica

1º Anuário do setor, realizado pela PNME, traz estimativas sobre o crescimento de veículos elétricos e um panorama do mundo

16 mar 2021 07h00
ver comentários
Publicidade
Foto: PNME / Capa do 1º Anuário Brasileiro de Mobilidade Elétrica

Embora o mercado de veículos elétricos ainda seja pequeno no Brasil, o setor ganhou seu primeiro Anuário Brasileiro de Mobilidade Elétrica. A iniciativa foi da PNME (Plataforma Nacional de Mobilidade Elétrica). Segundo uma projeção “agressiva”, o país pode ter 15% de carros híbridos e 20% de elétricos + híbridos plug-in até 2030. Num cenário mais “moderado”, a estima é de 5% de híbridos e 3% de elétricos + híbridos plug-in. 

Ao todo, são 180 páginas com informações sobre mobilidade elétrica. Segundo o coordenador-executivo da PNME, Marcus Regis, o anuário teve a contribuição de vários especialistas. “O estudo foi construído para gerar um panorama abrangente desta pauta tão fundamental para o desenvolvimento sustentável do Brasil”, afirma.

Dentre os destaques do material estão as iniciativas de empresas e organizações, os modelos de negócio de países vizinhos, dados sobre o tamanho do mercado, crescimento nos últimos anos, tipos e modelos de veículos mais procurados no país e o mercado por região.

Ônibus elétrico em Florianópolis.
Ônibus elétrico em Florianópolis.
Foto: Soninha Vill

A publicação conta com diversos dados que compõem o contexto atual do setor, como, por exemplo, o crescimento do mercado brasileiro de mobilidade elétrica ou mesmo o volume dos veículos com motor de combustão interna. Também traz números como a concentração de veículos elétricos no Brasil, com destaque para as regiões Sul e Sudeste.

A  frota de veículos elétricos leves é concentrada em dez estados, com maior concentração nas regiões Sul e Sudeste. O Estado de São Paulo se destaca, com duas cidades entre as 10 líderes da mobilidade elétrica: São Paulo e Campinas. Além disso, o Anuário inclui três apêndices, que complementam o conhecimento sobre a produção, o mercado, a pesquisa, as políticas públicas e a atuação da sociedade civil em torno da pauta.

A publicação completa, disponibilizada gratuitamente em PDF, pode ser acessada no site da PNME: pnme.org.br/biblioteca. A entidade reúne representantes do governo, da indústria, da academia e da sociedade civil para construir metas de longo prazo, considerando os pontos de vista do desenvolvimento tecnológico, de políticas públicas governamentais e do mercado.

Guia do Carro
Publicidade
Publicidade