2 eventos ao vivo

5 fatos sobre a nova geração do Peugeot 208

O hatch compacto evoluiu bastante e deverá ser uma grande aposta da marca francesa para o mercado brasileiro

31 out 2019
09h22
atualizado às 09h26
  • separator
  • 0
  • comentários

O Peugeot 208 já está sendo vendido na Europa com projeto completamente remodelado e novos recursos de tecnologia e segurança. Diferentemente da versão atual, que é produzida em Porto Real (RJ), a nova geração será importada da Argentina para o mercado brasileiro.

O hatch francês será o primeiro na América do Sul a utilizar a nova plataforma CMP do Grupo PSA, devendo manter a maioria das características do modelo europeu. Veja abaixo as principais novidades do novo modelo, que deverá iniciar as vendas entre 2020 e 2021 no Brasil:

1. Novos itens de segurança e conforto

Na Europa, o novo Peugeot 208 ficou mais tecnológico. A lista de equipamentos de conforto e segurança das versões mais caras inclui itens como assistente de frenagem de emergência, airbags laterais, frontais e de cortina, controles eletrônicos de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, fechamento automático da porta ao sair do veículo, acionamento automático das luzes de alerta em caso de acidente, assistente de permanência em faixa, controle de cruzeiro programável e limitador de velocidade, partida do motor por botão, monitoramento de pressão dos pneus e sistema de estacionamento automático (park assist).

O novo Peugeot 208 tem assistente de colisão frontal e park assist na Europa.
O novo Peugeot 208 tem assistente de colisão frontal e park assist na Europa.
Foto: Divulgação

2. Mais conectividade

As versões mais caras do novo Peugeot 208 contam com carregamento de celular por indução e quatro entradas USB, sendo duas exclusivas para os passageiros do banco de trás. 

Versões mais caras têm carregamento de celular por indução.
Versões mais caras têm carregamento de celular por indução.
Foto: Divulgação

3. Novos quadros de instrumentos e central multimídia

São dois tipos de quadro de instrumentos: i-Cockpit simples (versões de entrada), com tela de 3,5’’, e i-Cockpit 3D, com painel totalmente digital e display configurável (versões mais caras). Já a central multimídia pode ter tela de 7” ou 10”, sempre com volante multifuncional, Bluetooth e conectividade Android Auto e Apple CarPlay.

O indicador de seta é desconectado do quadro de instrumentos 3D.
O indicador de seta é desconectado do quadro de instrumentos 3D.
Foto: Divulgação

4. Novas medidas de espaço interno

O novo Peugeot 208 vendido na Europa possui volume de 311 litros no porta-malas, superando modelos consistentes no mercado brasileiro como o Ford Ka e os novos Hyundai HB20 (300 litros) e Chevrolet Onix (280 litros). O Peugeot 208 da geração anterior, que ainda continua sendo comercializado no Brasil, possui capacidade de 285 litros no bagageiro.

Apesar de ainda ter a mesma distância entre-eixos (2,54 m), o espaço para as pernas também evoluiu no hatch, devido ao novo dimensionamento dos elementos internos da cabine e à adoção da plataforma CMP.

O porta-malas tem 311 litros de capacidade.
O porta-malas tem 311 litros de capacidade.
Foto: Divulgação

5. Motorização

No Reino Unido estão disponíveis cinco combinações de motor: 1.2 PureTech de 75 cv (transmissão manual de cinco marchas), 1.2 PureTech de 100 cv (transmissão manual de seis velocidades ou automática de oito), 1.2 PureTech de 130 cv (transmissão automática de oito velocidades), 1.5 Diesel de 100 cv (transmissão manual de seis marchas) e o elétrico de 136 cv (bateria de 50 kWh de capacidade e autonomia de 340 km).

Versão elétrica do novo Peugeot 208.
Versão elétrica do novo Peugeot 208.
Foto: Divulgação
Guia do Carro
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade