Moraes cita estudo e vê 'preconceito estrutural' para diferenciar usuário e traficante de drogas

3 ago 2023 - 10h35
(atualizado às 10h39)
Compartilhar

Moraes cita estudo e vê 'preconceito estrutural' para diferenciar usuário e traficante de drogas. Ministro elencou grau de instrução, cor da pele e idade como fatores para que exista uma discriminação com as mesmas quantidades apreendidas. 'O branco precisa ter 80% a mais de maconha do que o preto para ser considerado traficante', disse Moraes. Nesta quarta-feira, 2, foi retomado no STF o julgamento que aborda a descriminalização do porte de drogas para consumo pessoal no País. Alexandre de Moraes votou a favor da descriminalização do porte de maconha e sugeriu estabelecer uma quantidade permitida, entre 25 a 60 gramas.

Fonte: Redação Terra
Publicidade
Seu Terra












Publicidade