PUBLICIDADE

Vazam supostas imagens do novo Windows 11; confira

Próxima geração do sistema operacional tem um design mais limpo e menos obstruído e um aplicativo dedicado ao XBox

15 jun 2021 16h00
| atualizado às 16h09
ver comentários
Publicidade
Suposta interface do Windows 11, que foi publicada em fóruns na internet 
Suposta interface do Windows 11, que foi publicada em fóruns na internet
Foto: Reprodução / Estadão

A nove dias do evento em que será revelado oficialmente o novo sistema operacional da Microsoft, o Windows 11 tem supostas imagens de tela vazadas na internet nesta terça-feira, 15, conforme revelado pelo site de tecnologia The Verge.

O vazamento, inclusive, confirmaria o nome da nova geração, como apontavam os rumores até então.

Nas imagens da suposta interface, a maior mudança é que o clássico botão Iniciar e os aplicativos na barra de tarefas estão centralizados na tela, quando antes eram alinhados à esquerda. Além disso, o menu Iniciar descartas os 'tijolos' de aplicativos do atual Windows 10, em prol de um visual mais limpo e menos obstruído. De modo geral, o sistema aposta em bordas arrendondas das janelas de aplicativos e programas.

O Windows 11 trará um novo ícone na barra de tarefas para reunir widgets, que são versões enxutas e rapidamente visualizáveis de aplicativos, como notas, previsão do tempo e notícias.

O novo som de início do Windows, acionado quando o usuário liga o computador, é mais delicado e discreto, destoando das versões mais exageradas dos sistemas anteriores da Microsoft.

Por fim, o Windows 11 irá receber um aplicativo integrado com o XBox, oferecendo acesso ao serviço de assinatura XBox Games Pass, rede social de games e loja de compras.

Expectativas

O novo Windows deve receber mudanças significativas, conforme sinalizações feitas pela própria Microsoft. De acordo com a empresa, o foco será em criar uma plataforma para que os criadores possam construir, distribuir e monetizar aplicativos.

O desenvolvimento da loja de apps, nos últimos meses, também é um indicativo de que a plataforma pode se abrir para terceiros, fornecendo uma possível hospedagem, sem o pagamento de taxas à empresa de tecnologia.

O sistema operacional também deve conversar mais com diferentes máquinas e rumores sugerem que as aplicações possam ser mais compatíveis com outros navegadores além do Edge, como os rivais Firefox e Google Chrome.

Na próxima semana, no dia 24, a Microsoft deve revelar novos detalhes do principal sistema operacional da empresa.

Veja também:

Startup do Reino Unido imprime veículo elétrico em 3D:

 

Estadão
Publicidade
Publicidade