2 eventos ao vivo

Uber entra na disputa e leva patinetes elétricos a Santos

Quem quiser usar o serviço, disponível a partir desta terça, deve usar o mesmo app para viagens em veículos

3 dez 2019
15h02
atualizado em 4/12/2019 às 09h29
  • separator
  • 0
  • comentários

O Uber acaba de entrar na disputa dos patinetes elétricos para o Brasil. Desde ontem, a modalidade estará disponível na cidade de Santos, no litoral paulista.

Inicialmente, o usuário terá de pagar R$ 1,50 para desbloquear o veículo. A partir daí, cada minuto rodado custará R$ 0,75 no bolso. Para quem deseja utilizar o serviço, não é necessário baixar nenhum outro aplicativo: basta a mesma conta e o mesmo app usados para requisitar viagens em veículos.

Ubber oferece serviço de patinetes elétricos na cidade de Santos
Ubber oferece serviço de patinetes elétricos na cidade de Santos
Foto: Divulgação

"Estamos empolgados em trazer os patinetes elétricos da Uber para o Brasil começando por Santos, uma cidade aberta à inovação e que tem uma boa infraestrutura cicloviária", diz em comunicado Ruddy Wang, diretor de novas modalidades do Uber no Brasil.

Por enquanto, não há previsão de quando os patinetes do Uber chegarão a outras cidades brasileiras. Eles serão identificados com a cor vermelha, transformando a disputa neste mercado em uma batalha de cores - a americana Lime usa o verde-limão, enquanto a Grow usa o verde (Grin) e o amarelo (Yellow), de suas duas marcas.

Com os patinetes, o Uber dá mais um passo para se transformar em uma plataforma de mobilidade com múltiplos serviços. No futuro, a empresa pretende transformar seu app numa central de transportes, adicionando opções como bicicletas elétricas e helicópteros, além de informações sobre o transporte público - algo que já está sendo testado no País.

"Queremos ser o sistema operacional da sua vida", afirmou o presidente executivo do Uber, Dara Khosrowshahi, em entrevista ao site americano de tecnologia Engadget, realizada no segundo semestre deste ano.

Veja também

 

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade