0

GM está perto de bateria para carros elétricos que dura mais de 1 milhão de quilômetros

19 mai 2020
15h05
atualizado às 15h11
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A General Motors afirmou nesta terça-feira que está "quase lá" no desenvolvimento de uma bateria para veículos elétricos que durará 1 milhão de milhas (cerca de 1,6 milhão de quilômetros).

26/10/2015. REUTERS/Rebecca Cook
26/10/2015. REUTERS/Rebecca Cook
Foto: Reuters

A montadora está trabalhando com baterias da próxima geração, mais avançadas do que a nova bateria Ultium, lançada em março, de acordo com o vice-presidente executivo da GM, Doug Parks, que falou em uma conferência online para investidores.

Ele não especificou um cronograma para a introdução da bateria de 1 milhão de milhas, mas disse que "várias equipes" da GM estão trabalhando em avanços como eletrodos de cobalto zero, eletrólitos de estado sólido e carregamento ultra-rápido.

As baterias atuais de veículos elétricos geralmente duram de 100 mil a 200 mil milhas.

A Reuters informou este mês que a Tesla, em parceria com a fabricante chinesa de baterias CATL, planeja lançar sua própria bateria de 1 milhão de milhas ainda este ano ou no início do próximo.

A GM apresentou o sistema de baterias Ultium em março. Nesta terça-feira, a empresa disse que sua joint venture de produção de baterias de 2,3 bilhões de dólares em Ohio, criada em parceira com a sul-coreana LG Chem, será chamada de Ultium Cells.

GM e LG Chem estão buscando várias maneiras de reduzir os custos das baterias, disse Adam Kwiatkowski, engenheiro-chefe dos sistemas de propulsão elétrica da GM, em outra conferência online para investidores nesta terça-feira.

A presidente-executiva da GM, Mary Barra, reiterou no início deste ano que a montadora pretende vender 1 milhão de veículos elétricos por ano a partir de 2025 nos Estados Unidos e na China.

Veja também:

Veja como funciona a Bixby, assistente de voz da Samsung
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade