4 eventos ao vivo

Em um dia, 4 milhões de iPhones 6 e 6 Plus são vendidos

Os primeiros donos devem receber seus aparelhos em setembro e em alguns casos em outubro

15 set 2014
10h14
atualizado às 10h14
  • separator
  • 0
  • comentários

A Apple vendeu 4 milhões de unidades do iPhone 6 (tela de 4.7 polegadas) e iPhone 6 Plus (tela de 5.5 polegadas) nas primeiras 24 horas da pré-venda do smartphone que começou na última sexta-feira.

<p>Apple lan&ccedil;a nesta sexta-feira novos iPhones&nbsp;com telas de 4.7 e 5.5 polegadas.</p>
Apple lança nesta sexta-feira novos iPhones com telas de 4.7 e 5.5 polegadas.
Foto: Reprodução

Em anúncio publicado no site da empresa americana na manhã desta segunda-feira, foi apontado que a demanda pelos novos iPhones superou a oferta, com isso os primeiros donos devem receber seus aparelhos em setembro e em alguns casos em outubro.

“A pré-venda do iPhone e do iPhone 6 Plus mostram um novo recorde para a Apple,” disse Tim Cook, presidente da companhia, ao afastar parte das críticas de internautas nas redes sociais, sobre o tamanho e a falta de inovações nos novos gadgets.

“iPhone 6 e iPhone 6 Plus são melhores em todos os sentidos, e nós estamos felizes que os consumidores adoraram os celulares tanto quanto nós”.

Datas e preços
A Apple ainda instrui os usuários a comprar antes o aparelho, por meio de sua loja online e pegar o celular diretamente nas lojas dos EUA, a partir da próxima sexta-feira (19). A companhia ainda confirmou os países que devem receber o iPhone junto com os Estados Unidos: Austrália, Canadá, França, Alemanha, Hong Kong, Japão, Porto Rico e Reino Unido.

O iPhone 6 é vendido a partir de US$ 299 e o iPhone 6 Plus pelo preço sugerido de US$ 299 nos EUA.

Na sexta-feira seguinte, 26 de setembro, o iPhone 6 e o iPhone 6 Plus começa a ser vendido na Áustria, Bélgica, Dinamarca, Finlândia, Irlanda, Ilha de Man, Itália, Liechtenstein, Luxemburgo, Holanda, Nova Zelândia, Noruega, Portugal, Catar, Rússia, Arábia Saudita, Espanha, Suécia, Suíça, Taiwan, Turquia e Emirados Árabes Unidos.

Ainda não há previsão de preço e lançamento dos novos smartphones da Apple para Brasil e América Latina.

Do “tijolão” ao smartphone: veja 40 anos de evolução Do “tijolão” ao smartphone: veja 40 anos de evolução

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade