PUBLICIDADE

RS anuncia pedágios Free Flow para rodovias na Serra Gaúcha e no Vale do Caí

Estradas do bloco 3 do plano de concessão de rodovias receberão moderno sistema que substituirá as praças de pedágio convencionais.

17 ago 2023 - 15h27
Compartilhar
Exibir comentários

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, está agendando uma coletiva de imprensa marcada para quinta-feira (17/8) às 11h, no Palácio Piratini, onde será revelado um avanço significativo no setor rodoviário. As estradas localizadas na Serra Gaúcha e no Vale do Caí, integrantes do Bloco 3 do plano de concessão de rodovias estaduais, receberão um novo sistema denominado "free flow". Em parceria com o consórcio Caminhos da Serra Gaúcha, o governo estadual buscará substituir as tradicionais praças de pedágio por esse sistema inovador.

Foto: reprodução/CCR / Porto Alegre 24 horas

Durante a coletiva, o governador Eduardo Leite e o secretário de Parcerias e Concessões, Pedro Capeluppi, detalharão a implementação do sistema free flow. Essa iniciativa pioneira prevê a eliminação das praças de pedágio nas estradas concedidas e administradas pelo consórcio Caminhos da Serra Gaúcha, abrangendo um total de 271,5 quilômetros no Bloco 3. As rodovias contempladas são a ERS-122 (do km 0 ao km 168), ERS-240 (do km 0 ao km 33), RSC-287 (do km 0 ao km 21), ERS-446 (do km 0 ao km 14), RSC-453 (do km 101 ao km 121) e BR-470 (do km 220 ao km 233).

Essa mudança estratégica visa agilizar o fluxo de veículos e melhorar a experiência dos usuários das estradas, eliminando a necessidade de paradas nas praças de pedágio convencionais.

O que é o sistema:

O pedágio Free Flow é um novo sistema de pedágio no Brasil. A tecnologia foi aprovada pelo CONTRAN em dezembro de 2021 e a implementação começou no início de 2023 em fase de testes. A novidade veio a partir da mudança do nosso Código Brasileiro de Trânsito (CBT) em junho de 2021, por meio da Lei 14.157/21.

Como funciona o Free Flow:

O sistema Free Flow substitui as convencionais praças de pedágio e permite uma viagem totalmente sem paradas ou diminuição de velocidade próximo aos locais de cobrança, ou seja, sem barreiras.

Há duas maneiras de funcionamento: uma pela leitura de uma TAG previamente instalada no para-brisa; outra pela leitura da placa dos veículos;

No primeiro caso, a passagem será cobrada direto na fatura da operadora de TAG com o benefício do desconto previsto para o usuário frequente, que pode alcançar até 70% (mais informações abaixo).

Cliente de TAG terá desconto de 5% mesmo com uma passagem ao mês.

Já para o motorista que não tem uma TAG instalada no para-brisa, o pagamento da tarifa poderá ser feito por PIX, WhatsApp/Chatbot, App ou portal web da concessionária.

A concessionária fará uma campanha educativa com intuito de informar o cliente que trafega pela rodovia sobre o funcionamento e os benefícios do novo modelo de pagamento eletrônico.

O sistema funciona por meio de pórticos com tecnologia de última geração que identificam, classificam os veículos e cobram a tarifa eletronicamente, conforme o tipo e o número de eixos.

O sistema eletrônico de cobrança de tarifa traz para o cliente da rodovia conforto, fluidez de tráfego e economia de combustível.

Porto Alegre 24 horas
Compartilhar
Publicidade
Publicidade