PUBLICIDADE

Sul tem ventania de ciclone extratropical e de temporais

Confira como o ciclone extratropical vai se deslocar no Sul do Brasil e os mapas com a velocidade do vento para toda a Região até domingo, 5 de novembro

2 nov 2023 - 08h16
(atualizado às 08h34)
Compartilhar
Exibir comentários

Áreas de instabilidade que estão espalhadas sobre o Sul do Brasil,  o Paraguai e o nordeste da Argentina vão se intensificar no decorrer desta quinta-feira, com uma acentuada queda da pressão atmosférica sobre essas regiões.  O intenso fluxo de ar quente e úmido vindo do Norte do Brasil para a Região Sul e o Paraguai acentua a queda da pressão do ar. 

Ao longo desta quinta-feira, essas áreas de instabilidade vão se organizar com uma frente fria sobre o Sul do Brasil, associada a um ciclone extratropical sobre o Rio Grande do Sul.  O processo de formação destes dois sistemas forma nuvens muito carregadas, com potencial para provocar tempestades sobre o Sul do Brasil.

Foto: Climatempo

Foto: Getty imagens

Ciclone extratropical

O perigo de chuva forte e ventania no Sul do Brasil desta vez é maior porque o centro da baixa pressão do ciclone extratropical começa a atuar sobre o Rio Grande do Sul, e não somente sobre o mar, como ocorreu na maioria dos ciclones extratropicais que influenciaram este estado e o Sul do Brasil desde junho. Entre os dias 12 e 13 de julho de 2023 houve um episódio de formação de ciclone extratropical sobre o Rio Grande do Sul.

Este novo ciclone extratropical começa a se formar sobre o Rio Grande do Sul neste feriado de 2 de novembro de 2023, associado com uma frente fria que abrange também Santa Catarina e o Paraná.

O processo de formação da frente fria e do ciclone extratropical exige uma forte queda da pressão atmosférica e um grande contraste de temperatura. Estes dois fatores geram grande movimentação do ar e por isso podem ocorrer as fortes rajadas de vento. Mas as grandes nuvens cumulonimbus também se formam no Sul do Brasil e também provocam fortes rajadas de vento, além de muita chuva. 

Nos mapas abaixo, a letra B maiúscula e vermelha indica a posição aproximada do centro do ciclone extratropical. É onde a pressão do ar estará mais baixa. Este centro de baixa pressão deve atingir valores abaixo de 1000 hectopascais (hPa), o que tecnicamente é considerado forte e perigoso. Quanto mais baixa a pressão atmosférica, mais fortes são as rajadas de vento.

Foto: Climatempo

Vento forte no Sul do Brasil em 2/11/2023 (Arte: Climatempo)

O ciclone extratropical e a frente fria vão estar completamente organizados até a madrugada desta sexta-feira, 3 de novembro. Quando isto ocorrer, o centro do ciclone extratropical estará no litoral do Rio Grande do Sul. No sábado, 4 de novembro, o centro do ciclone estará sobre o mar, mas na madrugada de manhã ainda perto do litoral do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. 

Foto: Climatempo

Vento forte no Sul do Brasil em 3/11/2023 (Arte: Climatempo)

Nas posições da sexta, 3, e do sábado, 4, o vento é intenso no litoral gaúcho e catarinense e nas áreas serranas do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, pois as regiões montanhosas aumentam o vento. 

Foto: Climatempo

Vento forte no Sul do Brasil em 4/11/2023 (Arte: Climatempo)

No domingo, 5 de novembro, já com o ciclone extratropical afastado da costa gaúcha e catarinense, o vento diminui bastante de intensidade.

Foto: Climatempo

Vento forte no Sul do Brasil em 5/11/2023 (Arte: Climatempo)

 

Frio e geada

No fim de semana, à medida que o ciclone extratropical vai se afastando do Sul do Brasil, o ar frio de origem avança sobre a Região, causando acentuada queda da temperatura, afastando as nuvens mais carregadas. 

O sol vai voltar sobre o Sul do Brasil neste primeiro fim de semana de novembro, mas junto com frio atípico e que será intenso o suficiente para provocar até geada.

A Climatempo prevê condições favoráveis para geada no amanhecer do domingo, 5 de novembro de 2023, nas áreas serranas no Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, mas também com possibilidade de ocorrer em parte do planalto norte catarinense no sul do Paraná.

O sol vai brilhar no Sul do Brasil no domingo e na segunda-feira, 6 de novembro.

Climatempo
Compartilhar
Publicidade
Publicidade