PUBLICIDADE

Polícia Federal combate tráfico de armas da Europa para o Brasil

A PF estima que mais de 43 mil armas foram importadas no esquema em um período de três anos

5 dez 2023 - 16h13
Compartilhar
Exibir comentários
A Polícia Federal (PF) desencadeou, nesta terça-feira (5), a operação Dakovo, contra um esquema de tráfico de armas europeias para o Brasil. Segundo a PF, uma empresa com sede no Paraguai foi responsável por importar milhares de pistolas e fuzis fabricados na Croácia, Turquia, República Tcheca e Eslovênia. 

No Paraguai, segundo as investigações, as armas tinham sua identificação raspada para dificultar o rastreamento. Elas eram repassadas a grupos de traficantes de armamentos que atuam na fronteira com o Brasil. Dali, eram revendidas a facções criminosas brasileiras.

Mandados de prisão

A PF estima que mais de 43 mil armas foram importadas no esquema em um período de três anos. Em quase 70 operações policiais foram apreendidas 659 armas em dez estados brasileiros.

Desde o início das investigações - feitas em parceria com o Ministério Público Federal (MPF) e com autoridades paraguaias - já foram expedidos 25 mandados de prisão preventiva e 54 de busca e apreensão nos dois países e também nos Estados Unidos.

Nesta terça-feira, foi apreendida grande quantidade de dólares, ainda a ser contabilizada. Centenas de fuzis e pistolas foram recolhidas na sede da empresa paraguaia. Também foi descoberto o local onde é feita a raspagem da identificação das armas.

Foto: Perfil Brasil
Foto: Perfil Brasil
Perfil Brasil
Compartilhar
Publicidade
Publicidade