PUBLICIDADE

Polícia confirma que Marília Mendonça sofreu politraumatismo

A cantora e mais 4 pessoas morrerram no último dia 5, após a aeronave que os levava para um show cair na cidade de Piedade de Caratinga/MG

25 nov 2021 17h16
| atualizado às 17h23
ver comentários
Publicidade
A cantora Marília Mendonça morreu na sexta-feira, 5, após a queda do avião que a levava para um show em Minas Gerais.
A cantora Marília Mendonça morreu na sexta-feira, 5, após a queda do avião que a levava para um show em Minas Gerais.
Foto: Som Livre / Divulgação / Estadão

A Polícia Cívil de Minas Gerais confirmou, em entrevista coletiva nesta quinta (25), que a causa da morte da cantora Marília Mendonça foi politraumatismo, ou seja, fraturas em diversas partes do corpo.

A cantora e outras quatro pessoas morreram na queda do avião que os levavam para um show em Minas Gerais. Geraldo Medeiros (piloto), Tarciso Viana (copiloto), o produtor Henrique Ribeiro e o tio e assessor de Marília, Abicieli Silveira Dias Filho, também sofrerem politraumatismo, segundo o legista Thales Bittencourt de Barcelos.

“Um traumatismo por queda de avião é aquele que tem energias cinéticas vindo de diversos lados e de muita intensidade, atingindo as regiões letais do corpo, como abdômen, tórax, cabeça e pescoço. Os membros não são tão vitais”, comentou o legista Pedro Fernandes.

As investigações do acidente continuam em andamento para encontrar as causas da queda da aeronave.

Fonte: Equipe portal
Publicidade
Publicidade