PUBLICIDADE

#48: Fracasso x azar: Os cinco anos de Neymar na França

Craque brasileiro deixou de figurar entre os principais jogadores do mundo após mudança para o PSG

14 mar 2022 16h33
| atualizado em 15/3/2022 às 05h00
ver comentários
Publicidade

Neymar pretendia mudar o patamar da carreira quando trocou o Barcelona pelo PSG no verão europeu de 2017. Ele conseguiu, mas não do jeito que gostaria. O camisa 10 da Seleção Brasileira deixou de ser apontado como o sucessor de Lionel Messi e Cristiano Ronaldo, e acabou superado pela nova geração, puxada pelo próprio companheiro Kylian Mbappé.Se quando desembarcou em Paris com grande festa Neymar era o grande nome do projeto do PSG, a situação mudou (e muito) hoje. Durante o debate deste episódio do Terrabolistas, os repórteres Aline Küller, Mateus Figueiredo e Silvio Barsetti foram unânimes em dizer que atualmente ele é apenas o terceiro nome do estrelado time da capital francesa. Mbappé e Messi são mais protagonistas dentro de campo.

Para Aline Küller, a passagem de Neymar pela França pode ser considerada um fracasso. A repórter ressaltou o grande número de problemas físicos do craque brasileiro nos cincos anos em Paris, mas opina que a relação entre atacante e clube "não deu liga".

Já Mateus Figueiredo analisa que Neymar parece ter cansado de viver a rotina de um jogador profissional de futebol. A opinião é compartilhada por Silvio Barsetti, que não vai se surpreender se o camisa 10 aparecer no Flamengo em um futuro não tá mais distante assim.

Neymar vive momento complicado na França
Neymar vive momento complicado na França
Foto: Benoit Tessier / Reuters

O podcast ainda debateu a última convocação do técnico Tite. A grande supresa ficou pela presença de Arthur, da Juventus, na lista após um longo período longe. A ausência de Gabigol também foi sentida e analisada como um sinal que o artilheiro rubro-negro parece cada dia mais distante do Qatar.

Já no Paulistão e no Carioca, os grandes estão cumprindo o que se espera deles e garantindo vaga no mata-mata. A exceção fica pelo Santos, que pode ser até rebaixado.

Este episódio do Terrabolistas foi produzido por Aline Küller, Mateus Figueiredo e Silvio Barsetti.

Fonte: Redação Terra
Publicidade
Publicidade