PUBLICIDADE

Mundo

Trégua entre Israel e Hamas é prorrogada por mais 2 dias

ONU faz apelo para criação de cessar-fogo humanitário completo entre Israel e os militantes palestinos do Hamas

27 nov 2023 - 11h49
(atualizado às 14h17)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Reuters

O ministro das Relações Exteriores do Catar, Majed Al Ansari, anunciou nesta segunda-feira, 27, que a trégua em Gaza será prorrogada por mais dois dias, incluindo a próxima terça e quarta. A prorrogação de dois dias inclui a libertação de 20 reféns israelenses e 60 detidos palestinos.

O Hamas também confirmou a prorrogação de trégua por dois dias a partir de um acordo realizado com o Catar e o Egito.

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas, António Guterres pede para a que a trégua se transforme em um cessar-fogo humanitário completo entre Israel e os militantes palestinos do Hamas, já que a "catástrofe humanitária em Gaza está piorando a cada dia".

"O diálogo que levou ao acordo precisa continuar, resultando em um cessar-fogo humanitário completo, para benefício do povo de Gaza, Israel e toda a região. As Nações Unidas continuarão a apoiar esses esforços de todas as maneiras possíveis", disse o porta-voz de Guterres, Stéphane Dujarric, em um comunicado.

Guterres novamente pediu que os reféns mantidos pelo Hamas sejam libertados imediata e incondicionalmente, segundo Dujarric.

As Nações Unidas aumentaram a entrega de ajuda humanitária a Gaza nos últimos quatro dias durante a trégua e enviaram ajuda a algumas áreas do norte do enclave costeiro que estavam praticamente isoladas há semanas, disse Dujarric.

"Mas essa ajuda mal se compara às enormes necessidades de 1,7 milhão de pessoas deslocadas. A catástrofe humanitária em Gaza está piorando a cada dia", declarou ele.

  • Mais de 14.854 palestinos morreram em decorrência dos bombardeios israelenses, sendo 6.150 crianças e 4 mil mulheres. Já o número de feridos ultrapassa a marca de 36 mil civis.  Do lado israelense, o número de mortos segue praticamente inalterado desde o dia 7 de outubro, quando o Hamas realizou diversos ataques em Israel, com 1.200 israelenses mortos e 5.600 feridos. 
Palestinas tentam regressar para o norte de Gaze em meia a 'trégua' dos ataques israelenses a Gaza
Palestinas tentam regressar para o norte de Gaze em meia a 'trégua' dos ataques israelenses a Gaza
Foto: Reuters
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Compartilhar
Publicidade
Publicidade