PUBLICIDADE

Mundo

Tempestade de neve deixa 8 mortos na Ucrânia e Moldávia e centenas de cidades ficam sem energia

27 nov 2023 - 19h34
(atualizado às 20h07)
Compartilhar
Exibir comentários

Uma tempestade de inverno atingiu o centro e o sul da Ucrânia, matando pelo menos cinco pessoas na Ucrânia e três na vizinha Moldávia, com neve e ventos fortes cortando a energia de centenas de cidades e vilarejos e fechando rodovias.

Pelo menos 19 pessoas ficaram feridas na Ucrânia e outras 10 na Moldávia. Os meteorologistas disseram que mais mau tempo estava a caminho, com previsão de neve e chuva em toda a Ucrânia na terça-feira.

O clima extremo ocorre em um momento no qual dezenas de milhares de soldados estão no fronte na guerra contra a Rússia, e em meio a temores de que Moscou possa atacar a infraestrutura elétrica por via aérea no inverno europeu.

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskiy, em seu pronunciamento noturno em vídeo, disse que cinco pessoas morreram na região sul de Odessa e sugeriu que poderia haver outras em outros lugares.

Os serviços de emergência disseram que 882 localidades estavam sem energia. O tráfego foi interrompido em 10 rodovias e mais de 1.500 caminhões ficaram retidos.

As escolas foram fechadas tanto no sul da Ucrânia como na Moldávia.

Os ventos fortes deixaram neve acumulada com até dois metros de profundidade em alguns lugares, disse o ministro do Interior, Ihor Klymenko.

As autoridades ucranianas compartilharam imagens de instalações da rede elétrica danificadas, árvores derrubadas e equipes de resgate ajudando as pessoas a sair dos montes de neve e rebocando carros para longe das estradas cobertas de neve.

As regiões central de Kiev, além de Odessa e Mykolaiv, ao sul, foram as mais atingidas pelos cortes de energia, com 40 mil casas inicialmente afetadas na região de Kiev, disseram autoridades.

Na Moldávia, duas pessoas foram encontradas mortas congeladas num carro no leste do país e outra fora da capital.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Compartilhar
Publicidade
Publicidade