0

Rara tempestade de inverno atinge sudeste dos Estados Unidos

3 jan 2018
20h23
atualizado em 4/1/2018 às 08h01
  • separator
  • comentários

Uma rara tempestade de inverno atingiu o sudeste dos Estados Unidos nesta quarta-feira, levando à capital da Flórida sua primeira neve em três décadas e impedindo viagens, enquanto a Nova Inglaterra se preparava para uma previsão de nevasca gerar grandes acúmulos na quinta-feira.

Bombeiros removem neve perto de hidrantes em Erie, na Pensilvânia
27/12/2017
REUTERS/Robert Frank
Bombeiros removem neve perto de hidrantes em Erie, na Pensilvânia 27/12/2017 REUTERS/Robert Frank
Foto: Reuters

Os governadores da Flórida, Geórgia e Carolina do Norte declararam estado de emergência, alertando moradores para esperarem ruas congeladas e temperaturas de congelamento fora de estação. A Flórida abriu abrigos de aquecimento para moradores.

Ao menos nove pessoas morreram nas temperaturas mínimas recordes que atingiram grande parte dos Estados Unidos nos últimos dias, segundo autoridades. A Polícia de Roseville, Michigan, informou nesta quarta-feira que uma mulher de 96 anos, que havia sido recentemente diagnosticada com demência, foi encontrada morta em um playground, aparentemente tendo congelado à morte após sair de casa de roupão e chinelo.

O Serviço Meteorológico Nacional dos EUA havia alertas de nevasca em vigor da Virgínia ao Maine, com a expectativa de que áreas ao redor de Boston tenham 30 centímetros de neve na quinta-feira. Meteorologistas alertaram que a neve irá cair rapidamente, em uma taxa de diversos centímetros por hora, durante o dia, de acordo com o serviço privado de meteorologia Accuweather.

Na histórica Charleston, na Carolina do Sul, a tempestade de inverno fechou companhias de passeios de carruagens nesta quarta-feira, disse o porta-voz municipal Jack O'Toole. Um dia antes, um cavalo de carruagem derrapou e caiu em um pedaço de gelo durante um passeio.

Moradores na vizinha Mount Pleasant, na Carolina do Sul, seguiram em massa na terça-feira para supermercados para estocar comida e suprimentos, de acordo com Nicholas Nichols, um funcionário do supermercado Publix.

"Eles reabasteceram na noite passada. Eles ficaram aqui até 4 horas da manhã", disse Nichols.

A mistura invernal e os baixos ventos frios podem causar amplas quedas de energia e deixar ruas congeladas, tornando deslocamentos traiçoeiros para milhões de norte-americanos do norte da Flórida e sul da Virgínia, informou o Serviço Meteorológico Nacional em uma série de alertas.

Muitos voos do Aeroporto Internacional Savannah/Hilton Head, na Geórgia, e do Aeroporto Tallahassee, na Flórida, foram cancelados.

O serviço meteorológico informou que seu escritório em Tallahassee mediu um acúmulo de neve e granizo de 2,5mm em seu telhado, na primeira vez que a capital da Flórida tem neve desde 1989.

De 5 a 8 centímetros de neve são esperados no nordeste da Flórida, na região costeira da Geórgia e na Carolina do Sul, informou o meteorologista do serviço Bob Oravec.

veja também

'Não há nada mais fácil do que enganar uma mulher com a autoestima no chão'

 

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade