PUBLICIDADE

Mundo

Putin diz que pode enviar armas de alta precisão para Coreia do Norte

Presidente declarou que Seul não precisa se preocupar com pacto

20 jun 2024 - 17h12
(atualizado às 17h24)
Compartilhar
Exibir comentários

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, não descartou nesta quinta-feira (20) a possibilidade de fornecer armas de alta precisão à Coreia do Norte em um futuro próximo.

    O mandatário visitou Pyongyang nos últimos dias e assinou um acordo de assistência entre Moscou e norte-coreanos, que prevê ajuda recíproca caso um dos dois países sofra uma agressão externa.

    "Aqueles que fornecem estas armas acreditam que não estão em guerra conosco, mas eu disse, incluindo a Pyongyang, que nos reservamos o direito de fornecer armas a outras regiões do mundo, levando em conta os nossos acordos com a Coreia do Norte, e não descarto isso", disse Putin.

    A viagem do chefe de Estado russo preocupou as autoridades da Coreia do Sul, tanto que a nação asiática poderá reavaliar o veto de armamentos à Ucrânia, mas Putin comentou que Seul não precisa se preocupar com o pacto.

    Putin foi recebido pelo líder Kim Jong-un em meio às crescentes preocupações no Ocidente sobre um possível acordo para Pyongyang abastecer Moscou com armas para a invasão em Kiev, em troca de ajuda econômica e transferência de tecnologia militar. .

Ansa - Brasil   
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade