1 evento ao vivo

Presidente eleito do México é escritor prolífico

Andrés Manuel López Obrador fez até livro sobre Donald Trump

10 jul 2018
21h36
  • separator
  • comentários

O presidente eleito do México, Andrés Manuel López Obrador, não é apenas a esperança de renascimento da esquerda na América Latina, mas também um escritor prolífico.

Andrés Manuel López Obrador fez até livro sobre Donald Trump
Andrés Manuel López Obrador fez até livro sobre Donald Trump
Foto: EPA / Ansa - Brasil

Antes de obter 53,19% dos votos e ganhar o direito de governar o México de dezembro de 2018 a 2024, Obrador publicou 16 livros, o primeiro deles em 1986, "Los primeiros Pasos, Tabasco, 1810-1967".

Já o último é dedicado ao personagem de quem o líder mexicano, apesar do discurso amigável no pós-eleição, promete ser um antagonista: Donald Trump. Na coletânea de discursos "Oye, Trump" ("Escute, Trump", em tradução livre), de 2017, Obrador apresenta propostas em "defesa dos migrantes nos Estados Unidos", em meio à crise migratória na fronteira entre os dois países.

"Nos perguntamos se [Trump] não compreendia a fundo o fenômeno migratório ou se estava recorrendo à demagogia", escreveu o presidente eleito, lembrando um discurso no qual o republicano dissera que o México mandava "delinquentes" aos EUA.

"O México não envia ninguém aos Estados Unidos. Ocorre que milhões de pessoas deixaram nosso país para tentar ganhar a vida mediante trabalho honrado na nação vizinha. A maioria se foi para melhorar sua situação econômica, e não poucos são refugiados que fugiram da violência que impera no território nacional", disse Obrador na introdução do volume.

Em outros livros, o líder do Movimento de Regeneração Nacional (Morena) aborda personagens históricos, como o revolucionário Catarino Erasmo Garza Rodríguez, e as políticas de privatização no setor de petróleo e energia, um dos assuntos preferidos da bibliografia de Obrador.

O presidente eleito também usou livros para reafirmar seu papel de candidato, como "No decir adiós a la esperanza", de 2012, e "2018, la salida", de 2017.

Ansa - Brasil   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade