0

Papa afasta bispo indiano acusado de violentar freira

Franco Mulakkal foi interrogado pela polícia por sete horas

20 set 2018
10h18
atualizado às 11h14
  • separator
  • comentários

O papa Francisco afastou, nesta quinta-feira (20), o bispo de Jalandhar (Índia), Franco Mulakkal, que é acusado de violência sexual por uma freira.

A suspensão é temporária, enquanto acontecem as investigações, segundo comunicado assinado pelo presidente da Conferência Episcopal da Índia, cardeal Oswald Gracias.

Papa Francisco durante audiência geral no Vaticano
Papa Francisco durante audiência geral no Vaticano
Foto: ANSA / Ansa

Mulakkal será substituído pelo bispo auxiliar emérito da Arquidiocese de Bombaim, Agnelo Rufino Gracias. O sacerdote afastado foi interrogado pela polícia durante sete horas na última quarta-feira (19).

Ele é acusado de ter violentado uma freira repetidamente entre 2014 e 2016, mas Mulakkal diz se tratar de uma "vingança" contra ações tomadas por ele após reclamações sobre a religiosa.

Atualmente, a Igreja Católica já enfrenta escândalos de abusos sexuais - muitas vezes contra menores de idade - em diversos países do mundo, como Chile, Austrália, Estados Unidos e Irlanda.

Veja também

 

Ansa - Brasil   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade