PUBLICIDADE

Síria: Al-Qaeda assume controle de importante base militar

Conquista representa uma derrota para o governo dos Estados Unidos, que tenta treinar uma força rebelde moderada capaz de contra-atacar os jihadistas

15 dez 2014 07h39
| atualizado às 08h10
ver comentários
Publicidade

A Frente al-Nusra, braço sírio da Al-Qaeda, assumiu nesta segunda-feira, após ofensiva de 24 horas, o controle de uma importante base do exército na província de Idleb, informou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

O grupo, apoiado pela brigada islamita Jund Al-Aqsa, conseguiu dominar dois pontos de controle e posições da base de Wadi al-Deif, na cidade de Maaret al-Naamane, que tem uma ampla rede de fontes entre ativistas e médicos.

A vitória deixa nas mãos da Frente al-Nusra a maior parte de Idleb, na fronteira com a Turquia, e representa uma nova demonstração de força da Al-Qaeda.

Derrota para os EUA
Os rebeldes da oposição síria, que tentam derrubar o presidente Bashar al-Assad, cercaram durante dois anos o campo de Wadi al-Deif, mas não conseguiram expulsar as tropas governamentais do local.

Durante a ofensiva contra a base, a Frente al-Nusra "usou tanques e outras armas pesadas, que foram roubadas no mês passado da Frente Revolucionária Síria", apoiada pelos ocidentais, afirmou o diretor do OSDH, Rami Abdel Rahman.

A vitória da Al-Nusra contra a Frente representa uma derrota para o governo dos Estados Unidos, que tenta treinar uma força rebelde moderada capaz de contra-atacar os jihadistas.

A província de Idleb foi uma das primeiras cujo controle o governo perdeu, pouco depois da revolta de 2011 contra Assad.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
Publicidade
Publicidade