PUBLICIDADE

Oriente Médio

Israel se diz satisfeito com falta de acordo nuclear entre G5+1 e Irã

10 nov 2013 - 16h19
Compartilhar
Exibir comentários

O presidente de Israel, Shimon Peres, se mostrou satisfeito neste domingo com o fato do Grupo 5+1 não ter alcançado um acordo com o Irã sobre seu programa nuclear nas rodadas de negociações realizadas em Genebra. "As potências não chegaram a um acordo com o Irã, e melhor assim", disse o político israelense durante um ato em lembrança ao 40º aniversário da morte do fundador do Estado de Israel, David Ben Gurion.

Peres destacou que, em sua opinião, "um acordo está destinado a pôr fim ao programa nuclear do Irã, e a fórmula que estava sendo usada (na segunda rodada de negociações) não correspondia com esse objetivo". O presidente israelense se referia às negociações que realizadas até ontem pelo grupo de países do G5+1 com representantes do novo governo iraniano, as quais acabaram sem o acordo que permitiria um levantamento parcial das sanções ocidentais ao Irã.

Israel, considerada a única potência com armamento nuclear do Oriente Médio e que não assinou o Tratado de Não-Proliferação (TNP) nuclear, rejeita que o Irã conserve a capacidade de seguir enriquecendo urânio a 20% ou o material físsil já enriquecido que tem. Na última sexta-feira, o primeiro-ministro israelense, Benjamim Netanyahu, disse tanto ao presidente dos EUA, Barack Obama, como a seu secretário de Estado, John Kerry - este último em reunião privada no aeroporto de Tel Aviv -, que não aceitaria um acordo como o colocado com o Irã, o qual chegou a qualificar de "um acordo mau".

EFE   
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade