1 evento ao vivo

Número de deslocados no sul da Síria sobe para 270 mil, diz ONU

2 jul 2018
11h25
  • separator
  • 0
  • comentários

O número de moradores do sudoeste da Síria forçados a fugir de casa devido à escalada de duas semanas nos combates subiu para 270 mil, disse o porta-voz de refugiados da Organização das Nações Unidas (ONU) na Jordânia.

Moradores da cidade síria de Derra desclocadas pela guerra chegam a Quneitra 29/06/2018 REUTERS/Alaa Al-Faqir
Moradores da cidade síria de Derra desclocadas pela guerra chegam a Quneitra 29/06/2018 REUTERS/Alaa Al-Faqir
Foto: Reuters

Na semana passada a ONU informou que 160 mil pessoas foram deslocadas ao fugir dos bombardeios pesados e que a maioria se abrigou em vilarejos e áreas próximas das fronteiras israelense e jordaniana.

"Nossa atualização mais recente mostra que a cifra de deslocados no sul da Síria ultrapassou 270 mil pessoas", disse Mohammad Hawari, porta-voz do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur) na Jordânia, à Reuters.

A ONU alertou para uma catástrofe humanitária no sudoeste causada pelos confrontos que irromperam depois de uma ofensiva do Exército apoiada pela Rússia para recapturar o sul sírio controlado pelos rebeldes.

A Jordânia, que recebeu mais de meio milhão de sírios deslocados desde o início da guerra, e Israel disseram que não abrirão suas fronteiras a refugiados.

Depois de uma reunião com autoridades da ONU, o ministro de Relações Exteriores jordaniano, Ayman Safadi, disse aos repórteres nesta segunda-feira que as remessas de ajuda estão esperando autorizações para serem enviadas à Síria pela divisa de seu país.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade