PUBLICIDADE

Mundo

Mulher é presa após fingir ter 14 anos para molestar alunos do ensino médio nos EUA

Alyssa Ann Zinger, na verdade, tinha 22 anos e se passava por uma criança que estudava em casa.

3 dez 2023 - 17h40
Compartilhar
Exibir comentários
Mulher é presa após fingir ter 14 anos para molestar alunos do ensino médio nos EUA
Mulher é presa após fingir ter 14 anos para molestar alunos do ensino médio nos EUA
Foto: Reprodução/Polícia de Tampa

Alyssa Ann Zinger, de 22 anos, foi presa após fingir ser uma criança de 14 anos que estudava em casa para aliciar alunos do ensino médio na Flórida. De acordo com a Polícia de Tampa, a mulher está envolvida, em pelo menos, 30 atos sexuais com um aluno e enviar vídeos explícitos para vários outros. 

A mulher foi presa no fim do mês de novembro deste ano, após denúncias. Porém, o caso só foi divulgado pelas autoridades na sexta-feira, 1º, no intuito de encontrar outras vítimas. 

“É perturbador ver um adulto tirar vantagem de uma criança e atacá-la”, disse o chefe de polícia, Lee Bercaw no comunicado. “Qualquer pessoa que tenha sido vítima de Zinger, nós encorajamos você a se apresentar. O Departamento de Polícia de Tampa irá apoiá-lo e garantir que um predador como Zinger não cause danos adicionais a você ou a outras pessoas”. 

Ainda segundo a polícia, a mulher tinha contato com os meninos, de idades entre 12 e 15 anos, pelas redes sociais, em especial o Snapchat, com um perfil falso. Ao portal New York Post, as autoridades disseram que as vítimas alegaram acreditar que Alyssa tinha a idade delas, mas que tinha sido educada em casa. 

Segundo registros da polícia, ela chegou a ser pega furtando com uma das vítimas. Na época, ela alegou que tinha nascido em 2009. Ao olhar o nome, o policial informou que a única outra Alyssa Ann Zinger tinha nascido em 2001. Desesperada, a mulher disse que tinha uma meia-irmã com o mesmo nome. Depois deste episódio, ela passou a estar dentro do radar das autoridades por um ano até a prisão. 

Após investigações, foi constatado que ela era adulta. Ela está enfrentando duas acusações de agressão obscena e cinco acusações de abuso sexual obsceno ou lascivo contra uma vítima com idades entre 12 e 15 anos.

De acordo com o New York Post, Alyssa se declarou inocente e foi libertada da prisão no dia de sua prisão, após pagar uma fiança de 7,5 mil dólares para cada uma de suas acusações criminais de segundo grau.  

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade