PUBLICIDADE

Milhares rezam em Santuário de Fátima ainda preocupados com Covid

13 mai 2022 12h20
ver comentários
Publicidade

Felizes e cautelosos ao participarem de um evento religioso de massa pela primeira vez desde o início da pandemia, milhares de fiéis católicos se reuniram no Santuário de Fátima, em Portugal, nesta sexta-feira, enquanto as autoridades se preparam para uma possível sexta onda da Covid-19.

A aposentada Teresa Maria, de 62 anos, foi uma das cerca de 200.000 pessoas que viajaram para o famoso santuário católico de Fátima para marcar a primeira das três visões relatadas da Virgem Maria, também conhecida como Nossa Senhora, há mais de 100 anos.

No ano passado, apenas 7.500 foram permitidas dentro do santuário e as pessoas tiveram que ficar em círculos para manter o distanciamento social.

Para muitos, foi um momento especial ver o santuário finalmente abrindo as portas para uma grande multidão depois que a maior parte das regras da Covid-19 foi suspensa no mês passado. Mas, à medida que as infecções diárias voltam a aumentar, Teresa Maria decidiu manter a máscara.

"Sempre procuro tomar precauções", disse ela enquanto esperava o início da procissão de despedida, um dos pontos altos do evento. "Não estamos livres disso porque os casos estão aumentando."

Portugal tem a maior média móvel de sete dias da União Europeia de casos por milhão de habitantes, de acordo com o Our World in Data. Especialistas em saúde acreditam que uma "sexta onda está se formando de maneira muito intensa".

Mortes e internações estão muito abaixo dos níveis do pico da pandemia. Idosos com mais de 80 anos receberão a quarta dose da vacina contra Covid-19 a partir da próxima semana, três meses antes do previsto.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade