PUBLICIDADE

Mundo

Milei viajará para a Antártica para programa de controle de poluição da ONU

Apesar de negar a existência de mudanças climáticas durante a campanha presidencial, o chefe de Estado participará de um programa das Nações Unidas que trata do tema

2 jan 2024 - 16h24
Compartilhar
Exibir comentários
Tudo sobre a viagem do presidente argentino Javier Milei
Tudo sobre a viagem do presidente argentino Javier Milei
Foto: Perfil.com / Perfil Brasil

O chefe de Estado decidiu visitar a base argentina Marambio após receber Rafael Grossi, diretor da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), das Nações Unidas, na Casa Rosada. O objetivo da AIEA é manter a ordem entre os interesses nucleares dos diferentes países baseados na Antártida.

O que se sabe sobre a viagem de Milei?

A viagem de Milei está marcada para o próximo dia 5 de janeiro, mas a confirmação depende de questões climáticas.  Caso a viagem aconteça, o líder argentino estará acompanhado da chanceler Diana Mondino, do ministro da Defesa,  Luis Petri e de Grossi.

As viagens à Antártida realizadas pela Força Aérea partem da base de Santa Cruz a bordo de um Hércules. Tudo depende do tempo favorável, já que o clima sofre variações intensas na região.

Milei deverá viajar para a província do sul, passar a noite lá e, se as condições forem favoráveis na sexta-feira, poderá voar para a Base de Marambio.

Durante o encontro com Grossi, Milei ouviu detalhes da agenda global e regional e do interesse da ONU em um projeto de controle da poluição na Antártica. A região é fundamental para o planeta, já que contém cerca de 80% de água doce e pode influenciar nas alterações climáticas.

Antes de se tornar presidente, Milei ignorou as alterações climáticas e disse que eram uma "invenção do socialismo".

Perfil Brasil
Compartilhar
Publicidade
Publicidade