1 evento ao vivo

Liga retira moção de censura contra premier da Itália

Decisão foi tomada após Giuseppe Conte renunciar ao cargo

20 ago 2019
15h41
atualizado às 17h23
  • separator
  • 0
  • comentários

O partido de extrema-direita Liga Norte retirou a moção de censura apresentada no Senado contra o primeiro-ministro da Itália, Giuseppe Conte, que renunciou ao cargo nesta terça-feira (20), revelaram autoridades à ANSA. De acordo com representantes da legenda do vice-premier e ministro do Interior da Itália, Matteo Salvini, a decisão foi tomada por duas razões, mas principalmente por ser incoerente. "É uma escolha de coerência com a abertura feita na Câmara por Matteo Salvini. Se você mantiver uma porta aberta, não poderá ficar com a desconfiança", disseram.
    O primeiro motivo é que não faria sentido depois que Conte pediu demissão. Já o segundo diz respeito ao fato da Liga ter conseguido uma abertura para trabalhar em conjunto para completar as reformas, o que seria inconsistente.
    "A moção foi apresentada para parlamentarizar a crise. E as comunicações de Conte e seu anúncio de renúncia não mais o fizeram necessário", acrescentaram. Conte, que em meio a uma grave crise política na Itália deixou o cargo de premier, comentou a decisão da Liga. "Nós não podemos, se amamos instituições e cidadãos, confiar em expedientes, táticas, torções verbais que eu me esforço para entender. Eu aprecio a coerência lógica e linearidade de ação", disse.
    "Se houver falta de coragem, não se preocupe, vou assumir a responsabilidade por isso na frente do país", finalizou Conte.
   

Liga retira moção de censura contra premier da Itália
Liga retira moção de censura contra premier da Itália
Foto: ANSA / Ansa - Brasil
Ansa - Brasil   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade