0

Líbano prende 16 em investigação sobre explosão no porto de Beirute, diz agência de notícias estatal

6 ago 2020
17h04
atualizado às 17h13
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

As autoridades libanesas prenderam 16 indivíduos em uma investigação sobre a explosão de um armazém portuário em Beirute, que abalou a capital, informou a agência de notícias estatal NNA nesta quinta-feira.

Bandeira libanesa é iluminada com velas. 06/08/2020. REUTERS/Suhaib Salem.
Bandeira libanesa é iluminada com velas. 06/08/2020. REUTERS/Suhaib Salem.
Foto: Reuters

Segundo a agência, o juiz Fadi Akiki, representante do governo na corte militar, afirmou que até o momento as autoridades questionaram mais de 18 autoridades portuárias e aduaneiras e indivíduos responsáveis ou envolvidos em trabalhos de manutenção no armazém, que abrigava material altamente inflamável que explodiu.

"Dezesseis pessoas foram presas como parte da investigação", afirmou Akiki, segundo a NNA, sem identificar os indivíduos. Ele disse que a investigação continua.

Veja também:

Como funcionam as eleições presidenciais nos EUA
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade