4 eventos ao vivo

Lava de vulcão Kilauea ameaça rotas de saída do Havaí

15 mai 2018
10h27
atualizado às 10h57
  • separator
  • comentários

A lava que emerge de grandes fendas no solo nos arredores do vulcão em erupção Kilauea, no Havaí, ameaçou rodovias na segunda-feira, criando a possibilidade de as autoridades terem que ordenar que mais milhares de pessoas se retirem antes que as rotas de saída sejam bloqueadas.

Lava emerge de fissura no solo resultante de erupção do vulcão Kilauea no Havaí 13/05/2018 REUTERS/Terray Sylvester
Lava emerge de fissura no solo resultante de erupção do vulcão Kilauea no Havaí 13/05/2018 REUTERS/Terray Sylvester
Foto: Reuters

A lava de uma grande fissura nova invadiu terras de cultivo seguindo rumo a uma estrada de terra litorânea que é uma das últimas opções de saída para cerca de 2 mil moradores do sudeste da maior ilha do Havaí.

Acredita-se que mais fendas com lava se abrirão entre casas e campos cerca de 40 quilômetros ao leste do pico do Kilauea, possivelmente bloqueando a rodovia 132, uma das últimas rotas de fuga.

Fontes de magma jorraram "bombas de lava" a mais de 30 metros de altura enquanto rocha derretida se espalhava na direção leste-sudeste rumo à rodovia costeira 137, informou o Observatório de Vulcões do Havaí.

Retiradas em massa serão acionadas se qualquer uma das rodovias for atingida pela lava, disse o porta-voz da Guarda Nacional do Havaí, Jeff Hickman.

"Há muitos cenários de último caso, e estradas sendo bloqueadas é um deles", explicou Hickman na rodovia 137, um caminho potencial do fluxo de lava, a cerca de 3 quilômetros de distância.

Dezenas de casas foram destruídas desde que as erupções começaram 10 dias atrás, e autoridades ordenaram a retirada de quase 2 mil moradores do distrito de Puna, na Ilha Grande, que abriga cerca de 187 mil pessoas.

Veja também:

 

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade