PUBLICIDADE

Mundo

Kim Jong-un: 5 mistérios sobre líder da Coreia do Norte, que estaria fazendo 40 anos

Data exata de nascimento de líder norte-coreano ainda é um mistério, mas não é o único. Confira outros.

7 jan 2024 - 07h20
(atualizado às 11h20)
Compartilhar
Exibir comentários
Muitos acreditam que aniversário de Kim Jong Un é no dia 8 de janeiro — mas será? E quantos anos ele tem?
Muitos acreditam que aniversário de Kim Jong Un é no dia 8 de janeiro — mas será? E quantos anos ele tem?
Foto: Reuters / BBC News Brasil

Kim Jong-un está completando 40 anos. Será verdade?

O Líder Supremo da Coreia do Norte faz aniversário, segundo se acredita, nesta segunda-feira, 8 de janeiro. Mas não há tanto consenso sobre o ano do seu nascimento.

E esse não é o único mistério sobre Kim.

Confira abaixo cinco perguntas ainda sem respostas sobre o líder norte-coreano, que chegou ao poder em 2011.

1. Quando Kim Jong-un nasceu?

Na verdade, não sabemos com certeza.

"Existem muitas discussões sobre o ano em que ele nasceu — se foi em 1982, 1983 ou 1984", diz à BBC Edward Howell, o professor de política da Universidade de Oxford, na Inglaterra, e especialista em Coreia do Norte.

Seu suposto aniversário em 8 de janeiro é um dia normal de trabalho no país comunista.

Já o aniversário do seu pai, Kim Jong-il (1941-2011), é celebrado todos os anos no dia 16 de fevereiro, como o "Dia da Estrela Brilhante".

E o aniversário do seu avô, Kim Il-sung (1912-1994), considerado o fundador da Coreia do Norte, é comemorado como o Dia do Sol, em 15 de abril.

Mas existem muitos detalhes sobre sua família ainda cercado de grandes mistérios.

Segundo Howell, Kim tem meios-irmãos.

Um deles, Kim Jong-nam (1971-2017), foi assassinado na Malásia em 2017.

Acredita-se que o pai de Kim Jong-un tenha tido pelo menos quatro cônjuges diferentes, mas seus relacionamentos eram mantidos longe dos holofotes públicos.

Acredita-se também que sua mãe, Ko Yong-hui (1952-2004), tenha nascido no Japão e chegado à Coreia do Norte nos anos 1960, para trabalhar como dançarina.

Rumores dizem que ela teria sido a consorte favorita de Kim Jong-il.

Em 2018, foram encontradas fotos de Ko Yong-hui durante sua visita ao Japão em 1973.

Mas, segundo o jornal sul-coreano The Korea Times, a Coreia do Norte não deu muito destaque a Ko devido ao seu passado como dançarina e à sua origem japonesa.

"Por ter nascido no Japão, que havia ocupado a península coreana durante a Segunda Guerra Mundial, ela normalmente teria sido relegada a uma classe social mais baixa", explica Howell.

"Mas, como se casou com Kim Jong-il, teve uma vida luxuosa", acrescenta o especialista.

2. Quem é a esposa de Kim Jong-un?

Notícias indicam que Kim pode ter visto Ri Sol-ju em apresentação musical
Notícias indicam que Kim pode ter visto Ri Sol-ju em apresentação musical
Foto: Getty Images / BBC News Brasil

Também não temos certeza. Sabemos que ele tem uma esposa, Ri Sol-ju, mas não se sabe ao certo quando eles se casaram. Especula-se que o casamento pode ter ocorrido em 2009.

Também pouco se sabe sobre a "Camarada Ri Sol-ju".

Seria ela uma antiga cantora que chamou a atenção de Kim durante uma performance?

Afinal, existe uma artista norte-coreana com o seu nome, mas nunca foi confirmado oficialmente que se trata da mesma pessoa.

Segundo informações atribuídas à inteligência sul-coreana, Ri Sol-ju visitou a Coreia do Sul durante o Campeonato Asiático de Atletismo de 2005, como parte da equipe de líderes de torcida da Coreia do Norte — e estudou canto na China.

A Coreia do Norte não dá nenhum detalhe sobre Ri Sol-ju, limitando-se a afirmar que ela é apenas a esposa de Kim Jong-un.

3. Quantos filhos Kim Jong-un tem?

Kim Jong Un apareceu em público com Kim Ju Ae, mas também tem outros filhos e muito pouco se sabe sobre eles
Kim Jong Un apareceu em público com Kim Ju Ae, mas também tem outros filhos e muito pouco se sabe sobre eles
Foto: Reuters / BBC News Brasil

Esse é mais um detalhe familiar difícil de ser determinado.

Em 2016, surgiram especulações de que Ri Sol-ju estaria grávida, quando ela desapareceu da cena pública.

Mas a gravidez nunca foi oficialmente confirmada.

Acredita-se que dois filhos anteriores tenham nascido em 2010 e 2013, mas não se sabe se algum deles é menino — o que faria dele um potencial sucessor de Kim.

Na verdade, sabemos pouco sobre as crianças.

Kim Jong-un tem comparecido em público com uma filha, Kim Ju-ae.

Acredita-se que ela seja a segunda filha mais velha do líder norte-coreano e teria 10 anos.

Ela é a mais conhecida publicamente, já que fez pelo menos cinco aparições públicas em 2023.

"Ainda não conhecemos toda a história dos seus filhos", conta Howell.

"Ele (Kim Jong-un) tem outros filhos, mas sabemos muito pouco sobre eles. Não sabemos quem são suas mães."

Howell relembra que foi o antigo astro do basquete americano Dennis Rodman, um improvável amigo próximo de Kim Jong-un, quem revelou o nome da filha do líder norte-coreano, em uma entrevista em 2013.

Diferentemente de muitos analistas (e da própria agência de inteligência da Coreia do Sul), Howell diz não acreditar que Kim Ju-ae esteja sendo preparada para ser a próxima Líder Suprema da Coreia do Norte.

Ela ainda é jovem e a influente irmã de Kim Jong-un, Kim Yo-jong, tem mais experiência e melhores conexões com a elite do país.

Esses fatores podem fazer com que ela seja a candidata mais provável à sucessão do seu irmão.

Howell acredita que "o líder norte-coreano tem sido visto com sua jovem filha em lançamentos de mísseis, banquetes ou jogos de futebol porque ele quer ser visto como um líder benevolente e homem de família".

4. Como Kim Jong-un consegue viver com luxo se o país é tão pobre?

Líder norte-coreano costuma usar meios de transporte luxuosos
Líder norte-coreano costuma usar meios de transporte luxuosos
Foto: Getty Images / BBC News Brasil

Há anos, a Coreia do Norte e seu líder enfrentam fortes sanções impostas pelas Nações Unidas e por países ocidentais, devido ao desenvolvimento de armas nucleares e mísseis balísticos pelo país.

Mas Howell afirma que Kim Jong-un faz tudo o que pode para se esquivar das sanções.

"O país tem um fundo secreto especificamente criado para uso pelo regime", detalha o professor.

"Kim quer mantê-lo porque deseja que ele e sua família continuem tendo uma vida de luxo."

Howell diz que existam redes de países em todo o mundo dispostos a fornecer dinheiro para a Coreia do Norte.

E há quem afirme que o país também pode receber fundos de outras maneiras.

"As pessoas costumam pensar que a Coreia do Norte é um país isolado que não tem internet. Ela tem internet estatal e a guerra cibernética se tornou uma estratégia importante (no xadrez geopolítico mundial)", afirma Howell.

"O regime de Kim faz ataques cibernéticos contra sistemas de computador de outros países para roubar dinheiro e levar a cabo sua economia e seu programa nuclear."

5. Kim Jong-un se preocupa com seu povo?

Críticos dizem que estilo de vida do líder norte-coreano está em desacordo com sua persona pública
Críticos dizem que estilo de vida do líder norte-coreano está em desacordo com sua persona pública
Foto: Reuters / BBC News Brasil

Um discurso durante uma parada militar em 2020 mostrou um lado diferente do Líder Supremo da Coreia do Norte.

Kim agradeceu às suas tropas pelos esforços contra a pandemia e em desastres naturais recentes.

E, em dado momento, ele enxugou as lágrimas enquanto falava sobre as dificuldades do país.

Foi uma rara demonstração de emoção de um líder norte-coreano.

Alguns observadores indicaram que ele poderia estar tentando mostrar humildade, enquanto o país enfrenta uma crise econômica crescente.

Mas um exame da vida extravagante do líder da Coreia do Norte indica o contrário.

Kim Jong-un mantém a tradição — iniciada por seu avô, Kim Il-sung — de viajar longas distâncias em trens luxuosos.

O comandante militar russo Konstantin Pulikovsky, que acompanhou Kim Jong-il em sua viagem à Rússia em 2001, comentou a opulência do trem no seu livro de memórias, intitulado Orient Express.

"Era possível pedir qualquer prato da cozinha russa, chinesa, coreana, japonesa e francesa", escreveu ele.

Lagostas vivas e vinhos finos franceses de Bordeaux e da Borgonha também eram importados de Paris.

Essas e outras formas de transporte luxuosas, incluindo aviões particulares, representam forte contraste com a vida empobrecida do povo norte-coreano.

Norte-coreanos entrevistados pela BBC afirmam que a escassez de alimentos no país é tão grande que seus vizinhos morreram de fome.

Segundo especialistas, a situação atual é a pior desde os anos 1990.

O que isso diz sobre as prioridades de Kim Jong-un?

Para Edward Howell, "ele quer simplesmente preservar não só o regime, mas sua própria liderança tirânica e opressiva. Ele não parece se preocupar com os 26 milhões de habitantes do seu país."

"Será que ele acha que esta é uma estratégia viável para seguir adiante?"

BBC News Brasil BBC News Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da BBC News Brasil.
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade