2 eventos ao vivo

Judeus da Europa se sentem ameaçados e pensam em emigrar, diz pesquisa da UE

10 dez 2018
16h00
  • separator
  • comentários

Mais de um em cada três judeus europeus cogitou emigrar nos últimos cinco anos por não se sentir mais seguro em meio a uma onda de antissemitismo, mostrou um estudo da União Europeia nesta segunda-feira.

Judeus na cidade polonesa de Lezajsk
 8/3/2018   REUTERS/Kacper Pempel
Judeus na cidade polonesa de Lezajsk 8/3/2018 REUTERS/Kacper Pempel
Foto: Reuters

A pesquisa em 12 países que abrigam 96 por cento dos judeus da Europa apontou para um mal-estar generalizado com um aumento de crimes de ódio, que comunidades judias atribuem em parte a comentários antissemitas de políticos que criaram um clima de impunidade.

    O sentimento de insegurança é particularmente agudo entre os judeus da França, seguidos pelos de Polônia, Bélgica e Alemanha, revelou o estudo da Agência de Direitos Fundamentais da União Europeia (FRA).

    Diante da hostilidade na internet e no trabalho, ou em pichações em paredes perto de sinagogas, nove de dez judeus que moram em nações que são seu lar há séculos sentem que o antissemitismo piorou nos últimos cinco anos, segundo o estudo.

    "É impossível estimar um número para o quão corrosivas tais realidades cotidianas podem ser, mas uma estatística chocante envia uma mensagem clara... mais de um terço diz cogitar emigrar por não se sentir mais seguro como judeu", disse o diretor da FRA, Michael O'Flaherty, em um prefácio do estudo.

    Autoridades da UE que apresentaram o relatório em Bruxelas nesta segunda-feira pediram que os governos façam mais para combater tal ódio, o que inclui lembrar a história do Holocausto da Segunda Guerra Mundial, durante o qual os nazistas mataram ao menos seis milhões de judeus na Europa.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade