PUBLICIDADE

Iemenitas enfrentam terceiro dia sem internet após ataques aéreos

23 jan 2022 16h02
ver comentários
Publicidade

A maior parte do Iêmen enfrentou um terceiro dia sem internet neste domingo depois que ataques aéreos na cidade de Hodeidah, no Mar Vermelho, principal ponto de desembarque da conexão submarina do país, danificaram sua infraestrutura de telecomunicações.

Na capital Sanaã, Majid Abdullah disse que não conseguiu receber dinheiro de parentes na Arábia Saudita em uma casa de câmbio como resultado da interrupção.

Sete anos de conflito dividiram o Iêmen entre um governo reconhecido internacionalmente baseado na cidade de Aden, no sul, e o grupo Houthi, alinhado ao Irã, em Sanaã.

"Não sei o que fazer. Comemos e bebemos com (dinheiro enviado por) expatriados", disse ele.

A guerra no Iêmen matou dezenas de milhares de pessoas e deslocou milhões, enquanto o colapso econômico empurrou milhões para a pobreza e partes do país para a fome.

O Ministério das Comunicações do governo disse no domingo que está pronto para reconectar o território sob seu controle por meio de outro cabo submarino que chega a Aden, onde partes da cidade ainda têm serviços de internet. Algumas organizações têm acesso à internet via satélite.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade