PUBLICIDADE

Homem que recebeu 1º transplante de coração de porco morre

David Bennett, de 57 anos, havia recebido o novo órgão em 7 de janeiro

9 mar 2022 - 15h36
(atualizado às 15h37)
Ver comentários
David Bennett, de 57 anos, faleceu nesta terça-feira. 9, nos EUA
David Bennett, de 57 anos, faleceu nesta terça-feira. 9, nos EUA
Foto: Reuters

David Bennett, de 57 anos, o primeiro homem a receber em um transplante um coração de porco geneticamente modificado, morreu nesta terça-feira, 9, dois meses após receber o novo órgão. O transplante havia sido feito no dia 7 de janeiro, no Centro Médico da Universidade de Maryland, em Baltimore, nos Estados Unidos.   

Segundo o New York Times, não ficou claro se o corpo de Bennet rejeitou o órgão estranho. "Não havia nenhuma causa óbvia identificada no momento de sua morte", disse uma porta-voz do hospital. Os médicos ainda realizam exames completos para identificar as causas da morte e pretendem publicar os resultados em uma revista médica.

Para Bennett, o transplante inédito era sua última chance. Por ter insuficiência cardíaca e batimentos irregulares, ele havia sido considerado inelegível para um transplante humano - uma decisão que é frequentemente tomada quando a saúde do receptor é frágil. 

"Era ou morrer ou fazer este transplante. Eu quero viver. Sei que é um tiro no escuro, mas é minha última chance", disse Bennet, um dia antes da cirurgia. 

 

Fonte: Redação Terra
Publicidade
Publicidade