PUBLICIDADE

Mundo

Homem desaparecido por 22 anos é encontrado mumificado em montanha do Peru

Socorristas encontraram o corpo de William Stampfl a uma altitude de 5.200 metros

9 jul 2024 - 10h03
(atualizado às 20h54)
Compartilhar
Exibir comentários
William Stampfl foi dado como desaparecido em junho de 2002.
William Stampfl foi dado como desaparecido em junho de 2002.
Foto: Divulgação/Peruvian National Police/AFP

O corpo de um alpinista norte-americano, que desapareceu há 22 anos enquanto escalava a montanha mais alta do Peru, foi encontrado mumificado, na segunda-feira, 8. O corpo de William Stampfl, de 59 anos, estava vestido e em bom estado de conservação.

William Stampfl foi dado como desaparecido em junho de 2002, quando uma avalanche enterrou seu grupo de escalada na montanha Huascarán, que tem 6.757 metros e fica na região de Áncash. O frio extremo em Huascarán, que pode chegar a -19°C, teria permitido a conservação do corpo desde 2002.

Segundo relatório da polícia peruana, os socorristas encontraram o corpo de Stampfl  a uma altitude de 5.200 metros, próximo ao acampamento base um do Huascarán, uma área caracterizada por fendas e considerada perigosa. 

A descoberta foi possível devido ao derretimento de geleiras, consequência das mudanças climáticas. Stampfl estava vestido com roupas de escalada, arnês e botas. Seu passaporte foi encontrado entre seus pertences, permitindo que a polícia identificasse o corpo.

As montanhas do nordeste do Peru, como Huascarán e Cashan, são as preferidas dos montanhistas. Em maio, o corpo de um israelense foi encontrado quase um mês depois de seu desaparecimento. No mês passado, um experiente montanhista italiano também foi encontrado morto após cair enquanto tentava escalar outro pico andino.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade