0

Greenpeace protesta em Notre-Dame contra mudança climática

Ativistas usaram um guindaste posicionado sobre a Catedral de Paris para exibir cartaz "Clima: Hora de Agir!"

9 jul 2020
08h47
atualizado às 09h33
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Ativistas do Greenpeace exibiram nesta quinta-feira um cartaz com a inscrição "Clima: Hora de Agir!" em um guindaste posicionado sobre a Catedral de Notre-Dame, em Paris, que está em obras de reparação após ser danificada por um incêndio.

Ativistas do Greenpeace exibem cartaz em Notre-Dame por ação imediata contra mudança climática
09/07/2020
REUTERS/Gonzalo Fuentes
Ativistas do Greenpeace exibem cartaz em Notre-Dame por ação imediata contra mudança climática 09/07/2020 REUTERS/Gonzalo Fuentes
Foto: Reuters

"A França não está fazendo o suficiente para controlar as mudanças climáticas", disse Jean-François Juilliard, chefe do Greenpeace na França. "É hora de agir agora, já tivemos promessas e discursos suficientes".

As eleições locais no mês passado viram um aumento no apoio ao Partido Verde nas principais cidades francesas. O presidente Emmanuel Macron nomeou uma ambientalista como ministra do Meio Ambiente nesta semana, mas o Greenpeace questionou quanta influência ela terá sobre as políticas.

A Organização Meteorológica Mundial (OMM) afirmou em um relatório nesta quinta-feira que a Terra continuará a aquecer nos próximos cinco anos, e as temperaturas globais podem subir temporariamente em mais de 1,5 grau Celsius acima dos níveis pré-industriais.

Notre-Dame está passando por uma grande reforma desde que um incêndio envolveu a estrutura da catedral em abril de 2019, destruindo sua torre e seu teto.

Veja também:

Bilby, o estranho animal com 'orelhas de coelho' que volta à natureza após quase desaparecer
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade