1 evento ao vivo

Governo francês acolherá 500 menores migrantes de Lesbos

Campo de refugiados de Moria foi destruído por incêndio

23 set 2020
16h01
atualizado às 17h19
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O governo francês decidiu acolher 500 crianças e adolescentes do campo de refugiados de Moria, na ilha grega de Lesbos, que foi destruído por um incêndio.

Campo de refugiados de Moria foi destruído por incêndio
Campo de refugiados de Moria foi destruído por incêndio
Foto: ANSA / Ansa - Brasil

A decisão foi anunciada nesta quarta-feira (23) pelo Secretário de Estado dos Assuntos Europeus, Clément Beaune, durante entrevista a rádio RTL.

"A França já se comprometeu claramente a acolher 350 menores e agora estamos comprometidos em receber mais 150", afirmou.

Nas últimas semanas o presidente francês, Emmanuel Macron, já havia expressado a necessidade de ser solidário com a Grécia, que tem atualmente 12 mil migrantes no campo de Moria, onde há capacidade apenas para 2,8 mil.

A força-tarefa teve início depois de milhares de migrantes ficarem desalojados na ilha na madrugada de 8 de setembro após um incêndio praticamente destruir o centro de acolhimento. 

Veja também:

Terremoto causa 'mini-tsunami' e destrói casas na Grécia e na Turquia
Ansa - Brasil   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade