4 eventos ao vivo

Ferrovia belga usa sensores para manter distância entre funcionários e prevenir Covid-19

25 mai 2020
15h19
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

As ferrovias da Bélgica estão testando câmeras inteligentes com sensores para garantir que seus funcionários usem máscaras e mantenham distância para impedir a propagação do coronavírus.

Funcionários da operadora ferroviária belga Infrabel testam câmeras inteligentes em Bruxelas
25/05/2020 REUTERS/Francois Lenoir
Funcionários da operadora ferroviária belga Infrabel testam câmeras inteligentes em Bruxelas 25/05/2020 REUTERS/Francois Lenoir
Foto: Reuters

    A partir da próxima semana, as chamadas câmeras inteligentes serão instaladas em cinco pontos estratégicos nos escritórios da operadora de infraestrutura ferroviária belga Infrabel, onde os técnicos normalmente se reúnem, como na cafeteria.

    Um aviso será emitido se as pessoas forem numerosas demais, não tiverem máscara facial ou se aproximarem demais.

    "Precisamos garantir que nossa equipe cumpra as várias diretrizes de distanciamento social. É por isso que estamos configurando vários dispositivos baseados em inteligência artificial", disse à Reuters nesta segunda-feira Benoit Gilson, diretor de estratégia da Infrabel.

    Usando o software disponível online, a Infrabel disse que desenvolveu uma forma de interpretar as imagens da câmera com finalidade de prevenir a Covid-19.

    Em uma demonstração nesta segunda-feira, os funcionários vistos na câmera foram mostrados em uma tela gigante como figuras de palitos cuja distância entre si poderia ser medida em metros. Em outra tela, uma câmera detectou se um trabalhador que entra na sala estava usando uma máscara.

    "Toda a questão da distância (entre indivíduos) é (gerenciada por) um modelo matemático", disse Daniel Degueldre, chefe da equipe de tecnologia da informação da Infrabel.

    A empresa, que tem 11 mil funcionários, disse que já está trabalhando em formas de usar sensores para proteger técnicos que trabalham nas ferrovias belgas, colocando câmeras em capacetes que alertariam a equipe em um acidente.

    Esse conhecimento foi reavaliado para combater o coronavírus.

Veja também:

Terremoto causa 'mini-tsunami' e destrói casas na Grécia e na Turquia
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade