1 evento ao vivo

Maioria dos eleitores dos EUA não veem Snowden como "traidor"

1 ago 2013
12h31
atualizado às 13h18
  • separator
  • 0
  • comentários

Uma maioria dos eleitores americanos considera que Edward Snowden, ex-consultor da Agência de Segurança Nacional responsável pelas revelações sobre programas de vigilância das comunicações pelos Estados Unidos, é um "denunciante", e não um "traidor", de acordo com uma pesquisa publicada nesta quinta-feira.

Edward Snowden é acusado de espionagem, roubo e uso indevido de propriedade do governo dos EUA
Edward Snowden é acusado de espionagem, roubo e uso indevido de propriedade do governo dos EUA
Foto: AP

Quase 55% dos eleitores americanos acreditam que o jovem de 30 anos é um "delator", contra 34% que acreditam o contrário, que ele traiu seu país, de acordo com uma pesquisa realizada em nível nacional pelo Universidade Quinnipiac. Cerca de 11% dos entrevistados estavam indecisos.

Os resultados desta pesquisa realizada entre os dias 28 e 31 de julho com 1.468 eleitores registrados, com uma margem de erro de 2,6 pontos percentuais para mais ou para menos, são exatamente os mesmo que os registrados em 10 de julho por uma pesquisa anterior, publicada pela universidade.

"A maioria dos eleitores americanos têm uma imagem positiva de Edward Snowden, mas isso foi antes que ele obtesse asilo político na Rússia", indicou Peter A. Brown, diretor assistente do instituto de pesquisas da Universidade de Quinnipiac.

A pesquisa Quinnipiac divulgada nesta quinta-feira também mostra que 38% dos eleitores que se disseram republicanos veem Snowden como um traidor e 51% como um denunciante, contra 36% e 56% entre os democratas.

O ex-consultor da NSA deixou nesta quinta-feira o aeroporto de Moscou Cheremetyevo, onde permaneceu bloqueado por mais de um mês, ao conseguir um asilo temporário de um ano na Rússia, e agora está em um local "seguro", mas desconhecido.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade