PUBLICIDADE

Frio já matou 38 pessoas na Polônia desde novembro

31 dez 2014 09h59
| atualizado às 13h25
ver comentários
Publicidade

As baixas temperaturas na Polônia causaram a morte de pelo menos 38 pessoas desde novembro, em sua maioria mendigos e idosos com problemas de alcoolismo, segundo dados publicados nesta quarta-feira pelas autoridades polonesas.

O governo polonês tem pedido aos moradores para que alertem imediatamente a polícia se observarem pessoas bêbadas na rua ou consumindo álcool até altas horas.

Ao mesmo tempo, durante o feriado, os agentes patrulham de maneira especial os lugares nos quais habitualmente pernoitam pessoas sem lar, que são levadas para centros de amparo.

"Durante estes dias em que a temperatura cai demais, muitas pessoas chegam em nossas instalações para passar a noite", explicou aos meios de comunicação Przemylaw Bogusz, responsável de uma organização que ajuda a coletivos desfavorecidos. "Nunca rejeitamos ninguém, mesmo quando estamos cheios", lembrou.

No inverno passado, 75 pessoas morreram por hipotermia.

EFE   
Publicidade
Publicidade