0

EUA vão exigir teste negativo de coronavírus para entrar no país

Medida é válida a partir de 26/01; brasileiros seguem proibidos

13 jan 2021
12h20
atualizado às 12h56
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Os Estados Unidos passarão a exigir um teste negativo para o coronavírus Sars-CoV-2 para todos os viajantes internacionais a partir do dia 26 de janeiro, informou o Centro para o Controle e Prevenção de Doenças (CDC) no fim da noite desta terça-feira (12).

Viajantes precisarão apresentar teste negativo para conseguirem chegar aos EUA
Viajantes precisarão apresentar teste negativo para conseguirem chegar aos EUA
Foto: EPA / Ansa - Brasil

O passageiro deverá ter realizado o teste em até três dias antes da partida de país de origem e depois precisará repetir o exame em um prazo de três a cinco dias após a chegada. As companhias aéreas serão as responsáveis por garantir que só embarquem pessoas com testes negativos.

Se a pessoa não quiser apresentar o teste negativo ou documento que comprove que ele se curou da Covid-19, ou não quiser fazer um exame rápido no aeroporto, ele será impedido de embarcar.

"Os testes não eliminam todos os riscos, mas unidos a um período de isolamento e às precauções de todos os dias, como o uso de máscaras e distanciamento social, deverão tornar mais seguras as viagens e reduzir a difusão do vírus nos aviões, nos aeroportos e na chegada ao destino", disse o diretor do CDC, Robert R. Redfield.

As novas regras não alteram os passageiros que são permitidos nos Estados Unidos para viagens não essenciais. Por isso, os brasileiros continuam proibidos de entrar no país. .
   

Veja também:

A cachorrinha fiel que esperou por dias na porta do hospital até seu dono ter alta
Ansa - Brasil   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade