PUBLICIDADE

Mundo

EUA aplicarão sanções contra mais de 500 alvos da Rússia na sexta-feira

22 fev 2024 - 20h28
Compartilhar
Exibir comentários

Os Estados Unidos aplicarão sanções contra mais de 500 alvos nesta sexta-feira, em uma ação que marca o segundo aniversário da invasão da Rússia à Ucrânia, afirmou à Reuters o vice-secretário do Tesouro dos EUA, Wally Adeyemo, nesta quinta-feira.

A medida, tomada em parceria com outros países, visará o complexo industrial militar da Rússia e empresas de outros países que ajudam a facilitar o acesso russo a bens, disse Adeyemo. Os EUA buscam responsabilizar a Rússia pela guerra e pela morte do líder da oposição, Alexei Navalny. 

"Amanhã (sexta-feira) soltaremos centenas de sanções apenas aqui nos Estados Unidos, mas é importante dar um passo para trás e lembrar que não são apenas os EUA que estão tomando essas medidas", afirmou Adeyemo. 

Ele disse que as sanções têm o objetivo de garantir que a Rússia não tenha acesso aos produtos que precisa para construir armas. Outro objetivo é desacelerar o acesso da Rússia a receitas necessárias para sustentar sua economia e construir armas. 

As sanções do pacote serão as mais recentes de milhares contra Moscou anunciadas pelos EUA e seus aliados, desde a invasão da Rússia à Ucrânia, em 2022, que matou dezenas de milhares de pessoas e reduziu cidades a escombros. 

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Compartilhar
Publicidade
Publicidade