PUBLICIDADE

Bolsonaro vence eleição popular para personalidade do ano

Resultado foi divulgado na tarde desta terça-feira (7) pela revista americana Time; o presidente brasileiro recebeu 24% dos votos

7 dez 2021 17h32
| atualizado em 8/12/2021 às 16h11
ver comentários
Publicidade
Presidente Jair Bolsonaro no Palácio do Planalto, em Brasília
05/05/2021
REUTERS/Ueslei Marcelino
Presidente Jair Bolsonaro no Palácio do Planalto, em Brasília 05/05/2021 REUTERS/Ueslei Marcelino
Foto: Reuters

O presidente Jair Bolsonaro (PL) venceu a eleição popular para personalidade do ano de 2021 da revista americana Time. O resultado foi divulgado na tarde desta terça-feira (7).

Dos mais de 9 milhões de votos recebidos na pesquisa sobre quem os leitores pensam ser a pessoa ou grupo que teve a maior influência no ano – para melhor ou pior –, Bolsonaro recebeu 24% dos votos. 

Ao anunciar o vencedor, a Time destacou que o presidente brasileiro está enfrentando uma crescente desaprovação sobre a condução econômica de seu governo e as críticas de políticos, Justiça e especialistas em saúde pública por minimizar a gravidade da covid-19 e o seu ceticismo em relação à vacina. 

A revista citou que Bolsonaro foi "criticado recentemente pelo Supremo Tribunal Federal (STF), que ordenou uma investigação oficial sobre os comentários feitos pelo presidente em 24 de outubro, alegando falsamente que tomar as vacinas contra covid poderia aumentar a chance de contrair Aids".

Além disso, a publicação lembrou que um relatório do Senado, em outubro, "recomendou que Bolsonaro fosse indiciado por diversas acusações criminais por administrar mal a resposta do País à pandemia, que já matou mais de 600 mil brasileiros". 

O ex-presidente dos EUA, Donald Trump, ficou em segundo lugar na pesquisa, com 9% dos votos. Em seguida, em terceiro lugar, apareceram os profissionais da saúde que trabalharam para salvar vidas em meio à pandemia, com 6,3%.  

Em quarto lugar, com 6%, ficou o advogado e ativista anticorrupção russo Alexei Navalny, que depois de se recuperar de um envenenamento, voltou à Rússia em janeiro, e está preso. O quinto lugar, por sua vez, foi para os cientistas que ajudaram a desenvolver vacinas anticovid, com 5,3% dos votos. 

A personalidade do ano de 2021, escolhida pelos editores da Time, será revelada no dia 13 de dezembro.

Fonte: Equipe portal
Publicidade
Publicidade